3 Simples Passos Para Ganhar Dinheiro Trabalhando Com Prazer

É possível fazer com que sua paixão também seja sua principal fonte de renda?

Nós cansamos de escutar histórias de pessoas que alcançaram o sucesso trabalhando em algo que realmente gosta, mas será que isso é realmente possível para qualquer um?
Eu tenho uma boa notícia para você…
Aposto que existe alguma coisa que você adora fazer e que existe alguém – neste exato momento – que pagaria por isso com prazer. Vou mais longe e digo que tenho certeza disso.
Qual o segredo do sucesso?
 
Vamos começar com uma pergunta.
Por que é que as pessoas que têm sucesso uma vez, parecem ter sucessos semelhantes em futuros empreendimentos? Quer se trate de fitness, empreendedorismo, carreira, relacionamentos… ou qualquer outra área.
Sucesso gera sucesso.
Quais são as coisas que levam consistentemente certas pessoas a construírem um empreendimento e viverem cercadas das coisas que mais ama, mas, por outro lado, permitem que os outros 80% da população trabalhe, dia após dia, com algo que não suportam?
A resposta é bem simples…
Os 3 Passos Sagrados para Converter Paixão em Renda
 
1) Separe a paixão da realidade
Você tem que analisar seus projetos de uma forma que encoraje o sucesso. Infelizmente a maioria das pessoas faz o oposto.
Como humanos, nossa reação imediata a qualquer nova ideia (mesmo as nossas!) geralmente está em descobrir porque ela não funcionará. É triste, mas é a verdade.
O problema é quando somos críticos sobre algo no exato momento em que a ideia surge. Travamos imediatamente. Antes de completar a segunda frase sobre a ideia, alguém expressa várias razões mostrando que “obviamente” não vai funcionar. Então você se sente estúpido e descarta a ideia.
Mas se fossem dado 10 minutos para analisar essa ideia, numa discussão aberta, criativa e não-crítica, seria bem possível que essa ideia se transformasse em algo mais sólido.
Imagine quantas brilhantes ideias não morreram “antes de nascer” por conta de críticas prematuras.
Analise seus sonhos mais distantes (que você puder imaginar) de trabalhos prazerosos. Então aguarde por alguns dias antes de colocar em prática ou criticar.
Acredite: para cada ideia “esquisita” que você tiver, tenho certeza que já existe alguém por aí ganhando dinheiro com ela. E isso é um bom sinal.
 
2) Seja o especialista que você já é
Uma das barreiras mais comuns que impedem as pessoas de ganhar dinheiro através de suas paixões é a crença de que não sabem o suficiente para serem pagas por ensinar algo a outra pessoa.
Você sabe mais do que você pensa. Ser um especialista é puramente relativo e baseado em grande parte na percepção dos outros.
O mais louco disso é uma vez que você encontra algo pelo qual é apaixonado, provavelmente vai perceber que é algo que você está aprendendo e melhorando por anos ou até mesmo décadas.
Você tem mais experiência com a sua paixão do que provavelmente 99% das pessoas ao seu redor, simplesmente porque ama fazê-lo.
Se você tem mais de 20 anos, eu garanto que você é um especialista em algo. Dê a você mesmo algum crédito. Descubra o que é e encontre pessoas que precisam desesperadamente da sua ajuda. Combine essas duas coisas e ganhar dinheiro com sua paixão começa a se tornar realidade.
 
3) Faça o impossível
Nós somos condicionados a acreditar que não é possível construir uma carreira em torno do que adoramos fazer. Uma grande quantidade de pessoas odeia seus trabalhos e muitos de nós decidimos aceitar isso como um fato da vida.
Ouça atentamente. O ingrediente mais crucial para amar seu trabalho e rentabilizar sua paixão é se cercar de pessoas que já fazem isso. Passe o máximo de tempo com pessoas que vivem em seus sonhos, e ganhar dinheiro trabalhando com prazer não só será possível, mas muito provável.
Essa inversão na psicologia mudará seu mundo.
Uma vez que você conhece o processo e está convencido que não apenas funciona, mas tem grande chance de dar certo, sua criatividade e empreendedorismo tornam-se ilimitados. É só uma questão de tempo em transformar sua paixão atual num trabalho de tempo integral.
Comece se cercando de pessoas que fazem o “impossível”. Não olhe para trás.
Quem você pode ajudar desde já?
 
Muitas vezes, o primeiro passo para viver da sua paixão e a forma mais realística para aqueles que se assustam com a perda inicial de renda (em comparação ao trabalho atual) é começar nas horas vagas e cara-a-cara.
Lembre-se: existem coisas que você é muito melhor (e mais entusiasmado) que a grande maioria daqueles que estão ao seu redor. Existem também pessoas procurando ativamente pelo conhecimento que você já possui.
Encontre a conexão correta e você pode começar a ganhar dinheiro – a partir da sua paixão – amanhã, se quiser.
Quer mais garantias? Faça uma rápida pesquisa sobre as pessoas que ganham dinheiro com o conhecimento que você possui. Será que todos eles são o próximo Steve Jobs? Eu duvido. Eles apenas decidiram focar suas energias onde podem ajudar mais pessoas.
A grande maioria das pessoas que não são capazes de rentabilizar uma paixão não fraqueja por falta de habilidade. Não padece por falta de conhecimento. Também não é por falta de experiência.
É por falta de criatividade e coragem.
Combine essas duas coisas com algo que faça você vibrar, e o mundo estará batendo na sua porta para dar dinheiro a você.
Atravessando o Abismo – De 80% para 20%
 
Um recente estudo mostrou que 80% das pessoas economicamente ativas não gostam do trabalho delas. E aproximadamente 75% não sabem suas verdadeiras paixões.
Isso não é uma coincidência.
Você não tem que ser um deles.
O que aconteceria se nós pudéssemos reverter essa estatística? Pense nisso por um segundo.
Se nós podemos começar a construir uma renda em torno das coisas que nos excita, nosso trabalho não mais será algo que detestamos.
A importância do primeiro pagamento
 
O primeiro obstáculo para viver de algo que realmente gostamos de fazer é descobrir como é possível ser pago por essa atividade. Mostre a si mesmo que você é capaz de ajudar pessoas e eles terão prazer em lhe pagar por isso.
Mesmo que seja R$ 1, R$ 15, R$ 100 ou R$ 1.000, o objetivo é fazer com que você passe de ZERO a ganhar alguma coisa, com aquilo que você normalmente faria de graça. Qualquer que seja o valor.
As pessoas vão perceber valor naquilo que você tem a oferecer, mas você nunca saberá enquanto não oferecer isso.
Se você consegue encontrar algo pelo qual é apaixonado, você pode encontrar um caminho para transformar essa paixão em lucro.
Você apenas tem que estar disposto a ser um pouco criativo.
Então, quando você vai se juntar ao clube dos 20%?
Você tem as ferramentas. O resto é com você!
Até a próxima!
 
“Escolha um trabalho que você ame, e você nunca terá que trabalhar sequer um dia em sua vida.” ~ Confúcio
 
Fonte: Blog quero ficar rico