Estabeleça-um-sistema

Uma dos maiores heranças que podemos deixar para os nossos filhos é a educação em geral, assim como a educação financeira. Muitos dizem que dinheiro não traz felicidade, mas a falta e a má administração dele tem sido fator determinante da infelicidade, uma vez que causa estresse, desentendimentos e até mesmo depressão. Por isso, nunca é tarde para ensinar seus filhos a gerenciar suas finanças e auxiliar na tão sonhada conquista pelo sucesso financeiro. Veja aqui 5 dicas e coloque-as em prática.

  1. Abra uma conta bancária para seu filho(a)

Aproveite ao abrir uma conta bancária para o seu filho(a), a oportunidade para conversar sobre dinheiro. Explique com paciência e de maneira simples como a conta funciona e as vantagens de economizar seu próprio dinheiro.

Algumas mães encontram maneiras criativas de incentivar o filho(a) a economizar dinheiro, como colocando estrelinhas para cada contribuição deles no banco, por exemplo.

  1. Seja transparente sobre a situação financeira da família

É importante explicar a situação financeira para os seus filhos desde o começo. Pode ser frustrante não poder comprar tudo o que os amigos dos seus filhos têm, porém mais frustrante ainda é seus filhos, em suas vidas adultas, não conseguirem estabelecer limites em suas compras, uma vez que eles entenderam que podem ter tudo.

  1. Dê ao seu filho(a) a oportunidade de ganhar dinheiro

Recompense seu filho(a) com dinheiro por algum trabalho ou tarefa atribuída a ele(a). Deixe claro que a criança vai receber, especifique a quantia e cumpra. 

Caso eles não cumpram com a responsabilidade, não pague-os. É importante que eles saibam que estão trabalhando duro e que a recompensa valerá a pena.

  1. Ensine-o(a) a administrar o dinheiro

Existem algumas técnicas para isso. Uma delas é dividir o dinheiro em categorias (o quanto ganhou, gastou e economizou) e a partir dessas categorias administrar melhor para o próximo mês, caso seu filho(a) tenha que economizar mais por necessidade ou por querer investir em algo ou comprar algum produto específico. Mostre a eles! Veja mais dicas para um orçamento eficaz:

  1. Dê ao seu filho(a) a liberdade de decisão nas compras

Dê a eles orientação na compra, mas respeite suas decisões. Muitas vezes o pais se preocupam com a escolha de compras dos filhos, seja pela qualidade do produto, por não ter muita utilidade, etc. Porém, eles precisam cometer alguns erros para depois tomarem decisões mais sábias.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Kowa


Leia também

Mesada é instrumento de educação financeira

Para a especialista em planejamento de finanças Cristiane Guimarães, oferecer mesada aos filhos é um valioso instrumento para educação financeira.“Os pais que decidirem dar a mesada a seu filho devem saber que essa tarefa precisa ser levada muito a sério. ...

6 questões financeiras que você deve resolver antes de casar

O casamento é, além de uma festa caríssima, um compromisso que comprometerá, inevitavelmente, todos os aspectos da sua vida. Cerimônia, festa, recepção e votos não são os únicos itens a riscar em uma lista de planejamento antes de “juntar os ...

Educação financeira começa na escola

 O planejamento financeiro é, antes de tudo, uma questão de hábito. Como todo bom hábito, nada melhor que comece o quanto antes. Pensando nisso, o Laboratório Ábaco (Faculdade de Educação), sob coordenação do professor Gilberto Lacerda, estabeleceu parceria com uma ...

Especialistas dão dicas para pagar contas de começo de ano

Passada a euforia das compras e viagens de fim de ano, é chegada a hora em que o consumidor precisa lidar com uma série de obrigações financeiras que surgem em todo ano novo. Matrícula, material escolar, IPTU e IPVA estão ...

Educação financeira infantil: saiba ensinar finanças para os filhos

Educação financeira infantil é um tema que conquista cada vez mais importância para os pais. Abordar a questão com as crianças é capacitá-la para entender o valor do dinheiro e fazer o melhor uso do recurso. Educação financeira não se aprende ...