5 dicas para melhorar as finanças pessoais

5 dicas para melhorar as finanças pessoais

Está com problemas em suas finanças pessoais e não sabe como fazer para sobrar dinheiro no fim do mês? Nós trouxemos algumas dicas que podem ser valiosas para melhorar a situação e te ajudar a ter mais tranquilidade todos os dias.

Se você seguir à risca as dicas que nós mostraremos, pode ser que nunca mais tenha problemas com finanças, pois você estará preparado para lidar com a situação se alguma emergência abalar o seu orçamento.

Princípios para uma vida financeira saudável

Para que suas finanças não sejam um problema, é necessário que você saiba de alguns pilares importantes. Assim, você sabe como agir em cada situação para nunca faltar dinheiro.

Falaremos mais abaixo de cada um deles em 5 dicas práticas para organizar as finanças.

1 – Elimine as dívidas e tente não fazer mais nenhuma

Se você possui dívidas, o primeiro passo é eliminá-las. As dívidas têm um grande poder de destruir uma vida financeira, já que os juros são muito altos e pode dificultar muito para ela ser quitada.

Para isso, procure saber sobre todas as dívidas que você possui e organize-as em um caderno, deixando mais fácil visualizar o tamanho do problema. Depois de saber da dimensão do seu problema com as dívidas, é hora de eliminá-lo.

Comece pagando as dívidas mais caras que você der conta. Se você não tem dinheiro, agora é a hora de procurar maneiras de levantar uma boa quantia que pode te tirar do buraco.

Para isso, faça pequenos trabalhos, busque formas de renda extra e venda coisas que não usa mais e podem te trazer dinheiro de forma rápida.

Tente negociar todas as suas dívidas. A maioria dos bancos oferece bons descontos para pagamento à vista. As dívidas que você não conseguir pagar à vista, faça um parcelamento que caiba no seu bolso e comece a juntar dinheiro para pagá-las todos os meses.

2 – Elimine todos os passivos desnecessários

Passivo é tudo aquilo que tira dinheiro do seu bolso como contas, compras e despesas do dia a dia. Depois de ter noção de suas dívidas e se organizar para pagá-las, é hora de fazer o seu dinheiro render mais.

Para isso, comece eliminando tudo aquilo que não for essencial. Aqui vale cortar assinaturas como o Netflix, jantares fora de casa, gastos com transportes caros e tudo mais. Para eliminar dívidas ou juntar dinheiro é necessário fazer sacrifícios para que o dinheiro sobre.

Faça uma lista de todos os seus gastos e veja o que pode ser cortado. Comece a fazer marmitas invés de comer fora, economize na conta de água e luz e, se possível, tente até mesmo negociar um aluguel mais barato ou achar um lugar mais em conta para morar.

3 – Tenha sempre uma reserva de emergência

O que mais dificulta uma vida financeira saudável é o surgimento de emergências. Muitas vezes um conserto na casa, no carro ou uma doença podem nos pegar de surpresa e fazer com que gastemos mais do que podemos.

Para isso, é altamente recomendado que se tenha uma reserva de emergência. Assim, quando surgir algum imprevisto, você não terá que gastar do que não tem e fazer dívidas que são acompanhadas de altos juros.

Para uma pessoa que trabalha de carteira assinada, é recomendado que o valor da reserva de emergência seja seis vezes o custo mensal. Para profissionais autônomos, recomenda-se fazer uma reserva que cubra doze vezes o custo mensal.

Para guardar este dinheiro, utilize títulos públicos de liquidez diária, CDBs de bancos com liquidez diária ou até mesmo contas como a do Nubank, que rende 100% de CDI.

Dessa forma, o seu dinheiro está protegido, rendendo e pronto para qualquer situação adversa que acontecer.

4 – Ganhe mais dinheiro

Sabemos que não adianta ter todos os cuidados do mundo com organização das finanças se não temos dinheiro suficiente. Para isso, é absolutamente necessário que você busque formas de ganhar mais dinheiro para complementar o seu orçamento e começar a poupar dinheiro para sua reserva de emergência.

Se você já trabalha, talvez seja hora de negociar com o seu chefe a possibilidade de um aumento. Se esta não for uma opção válida para sua realidade, procure maneiras de fazer renda extra. Veja abaixo algumas dicas que podem ser interessantes:

Com mais dinheiro no bolso você tem mais autonomia para cuidar das suas finanças, montar uma reserva de emergência e até começar a investir para realizar objetivos futuros.

5 – Aumente a quantidade de ativos

Ativo é tudo aquilo que coloca dinheiro no seu bolso. O seu emprego, renda extra, empreendimentos e até mesmo investimentos que fazem o seu dinheiro render.

Para ter uma vida financeira de sucesso, comece a enxergar oportunidades de aumentar os ativos geradores de renda para ter mais dinheiro.

Uma boa maneira de ter ativos é empreender. Por meio de um negócio você tem a possibilidade de escala e ganha muito mais dinheiro. O melhor modelo de negócio atualmente é o modelo online.

Com um empreendimento online você tem a possibilidade de alcançar muitas pessoas e gastar muito pouco com isso. Este modelo é muito vantajoso porque não exige que o empreendedor gaste grandes quantidades de dinheiro para realizá-lo.

Para quem não tem ideia de como começar, é altamente recomendado que se crie uma plataforma geradora de audiência. Para isso, faça um registro de domínio, monte um blog e comece a produzir conteúdo que possa interessar um determinado público.

Depois que você tiver uma audiência consolidada, basta encontrar formas adequadas de monetizar o seu blog, como Google Adsense e afiliações em plataformas como a Hotmart ou a Amazon.

Montar um blog ou um site para sua empresa não é difícil. Você só precisará encontrar um bom provedor de hospedagem de sites, criar um ambiente agradável de ser visitado e começar a publicar conteúdo que pode realmente ajudar a sua audiência.

Você também pode complementar com contas em redes sociais, como Instagram, Facebook e YouTube. Ainda assim, é necessário que se tenha uma plataforma própria, onde quem dita as regras é você. Então, faça já o registro de domínio do seu blog e crie um site que pode te dar muita oportunidade de renda.

Conclusão 

É preciso ter muita disciplina para não sair gastando dinheiro quando ele começar a sobrar. Comece a praticar o básico que apresentamos e você já sentirá a diferença, tanto no bolso quanto na tranquilidade.

Ninguém merece passar por apertos financeiros, mas graças a um bom planejamento, é possível se esquivar deste problema.

Fonte O Nortão