5 é timas dicas para organizar suas finanças  pessoais

5 é timas dicas para organizar suas finanças pessoais

Attractive young African American woman working on finances at home wearing purlple jacket sitting at dining table.

Não conseguir ter organização financeira pode ser tão (ou mais) prejudicial do que não ter dinheiro. Contas atrasadas, falta de controle sobre sua conta bancé ria e problemas de comunicação com as demais pessoas com quem se convive podem gerar prejué zos, especialmente se você não sabe como usar bem o cheque especial ou o cartão de crédito. A seguir, reunimos 5 dicas infalé veis que irá o ajudé -lo a organizar finanças pessoais, e, o mais importante, a controlar os seus gastos. Confira!

  1. Consulte as pessoas com quem você vive

Do mesmo modo que as contas bancé rias conjuntas, algumas vezes um é nico cartão de dé bito ou crédito é utilizado por vé rias pessoas e isto exige cuidado redobrado para evitar imprevistos para o bolso. Principalmente nestes casos, a responsabilidade sobre as finanças precisa ser compartilhada e as decisões de consumo també, tanto nas compras e gastos quanto na pontualidade do pagamento das faturas, para evitar cobrané a de multas e juros. Quando se tem um sonho em comu, como adquirir um imé vel, trocar o carro, ou fazer uma poupané a para uma viagem em família, todos os membros devem estar conscientes da importância de fazer economiasé para conseguir realizar o objetivo comum. Por isso o dié logo e o alinhamento de objetivos são essenciais.

  1. Faça a oré amentos perié dicos

Suas despesas e seus gastos podem variar bastante de um mês para outro. Janeiro, por exemplo, é um mês até pico em relação aos demais porque, além de concentrar o pagamento das compras de Natal e Ano Novo, ainda inclui gastos que são próprios de todo início de ano. Reveja o seu planejamentocomo contas a pagar e contas a receber e ajuste outras despesas para compensar isso. Faça a uma conferé ncia dos extratos de sua conta bancé ria mensalmente.

Digamos, por exemplo, que sua conta de energia elé trica de repente ficoué R$ 60,00é mais cara de um mês para outro e isto muitas vezes pode ter uma justificativa simples: geralmente, no outono e na primavera se consome menos energia elé trica, pois se usa menos ar condicionado, ventilador, aquecedor e até mesmo chuveiro mais quente.é Sabendo disto, você pode prever que, nos meses mais quentes e também nos mais frios, precisaré ajustar seu planejamentopara pagar uma conta de luz mais alta e, com isto, evitar um susto financeiro.

é é 3. Crie um planejamentofinanceiro

Se você não tem um oré amento, você pode criar um hoje! Comece anotando quanto você ganha (receitas) e quanto você gasta (despesas) a cada mês. existem algumas varié veis, que surgem em meses especé ficos, como seguros, impostos e outras. O segredo é manter equilé brio entre as receitas e as despesas e, melhor ainda, é fazer conseguir economizar e guardar um dinheirinho todo mês. Você sabe, imprevistos acontecem já

  1. Use Software Financeiro

A tecnologia simplifica a vida de quem quer ter as finanças em orde, pois os aplicativos financeiros não são apenas para investimentos empresariais. Você pode encontrar planilhas, calculadoras e outros recursos simples, facilmente e de graé a na web. Isto facilita acompanhar para onde está indo o seu dinheiro e o que você pode fazer para seguré -lo.

  1. Pague suas contas em dia

Nunca é demais relembrar: atrasar o pagamento das contas não é um bom negé cio, pois muitas delas ficam mais altas com a cobrané a de multas e juros. Por isso, procure pagar suas contas em dia e, para isto, fazer o agendamento bancé rio é uma boa alternativa.

Organizar no come o do mês, e ter sempre é vista, um calendé rio mensal de pagamentos, com datas e valores, também ajuda bastante a não perder prazos. E assinale, neste calendé rio, as contas que estão em dé bito automé tico e aquelas que precisaré o ser pagas diretamente ao banco, como por exemplo,contas de empresas como escolas, academias e outras. Isto é muito é til para não escorregar em gastos extras e fugir de compromissos que no futuro apertaré o seu bolso.