cofrinho

Educar os pequenos a lidarem com o dinheiro é um dos desafios dos pais. Fazer com que eles entendam o valor do dinheiro, como guardé -lo e usé -lo com sabedoria para comprar o que eles querem. Para ajudar nessa tarefa aé mesada umaé boa ferramenta para que desde cedo as criançasé sejam inseridas no universo financeiro.

é importante que a mesada seja usada como meio de educação financeira promovendo o consumo conscienteé e sustenté vel. Quando oferecida de forma erré nea a mesada pode causar impactos negativos e acabar incentivando o consumo desenfreado.

Para evitar que isso ocorra, é Reinaldo Domingos, educador financeiro e autor do livro “Mesadaé não é sé dinheiro já Conhe a os 8 tipos e construa um novo futuro”, comenta sobre osé 7é principais errosé na implementação daé mesada. Confira:

1) Remuneração

A mesadaé não é salário.é Salé rios são pagos para quem trabalha e criança não pode e não deve trabalhar. Esse é um dos conceitos que nunca é demais reforé ar, para que as coisas fiquem realmente claras.

2)é Desequilé brio

A criança não deve guardar todo o seu dinheiro para os sonhos. é importante que ela aprenda a gerenciar seu dinheiro. Por isso é importante que ela separe 50%é de suaé mesadaé para o consumo cotidiano paraé comprar algo que deseja já sem excessos. Por incré vel que pare a, a disciplina ré gida que alguns pais impé em dentro de casa pode acabar transformando seus filhos emé crianças obsessivas com o dinheiro e, consequentemente, em futuras pessoas avarentas.

3)é Permissão

Ao tentar implementar a mesada você possivelmente vai se deparar com a seguinte situação: antes mesmo do mês terminar a criança gastaré todo dinheiro e vai te pedir mais. Isto é natural, afinal ela está aprendendo a lidar com as finanças . Poré m nesse momento é fundamental aprender a dizer “não”, para o bem da criança, para que ela entenda as consequé ncias de seus atos.

4)é Violação

é importante que o pais em hipé tese alguma, é peguem emprestadoé o dinheiro que a criança vem guardando para realizar seus sonhos. Num primeiro momento essa recomendação pode parecer absurda, mas é comum que os pais mexam no cofrinho do filho ou retirem algum valor investido no banco para criança, para pagar alguma conta ou até mesmo para uso particular.

5)é Ruptura

Caso seu filho esteja juntando dinheiro para comprar algum objeto ou realizar um sonho, nunca atravesse as etapasé deõesforé o e crescimento do pequeno. Quer dizer,é jamais compreé o objetoé antes que ele consiga juntar o dinheiro para conquisté -lo. Isso fará com que ele registre na mente, para o resto da vida, a ideiaé de que nãoé precisa lutar para conquistar as coisas que deseja.

6)é Sonegação

Os adultos devem ensinar as suasé crianças, desde cedo, que tudo que compramos deve vir comé nota fiscal, desde um chocolate até uma bicicleta. Portanto, não deem o exemplo errado para os seus filhos, negociando uma compra sem nota fiscal para obter desconto.

7)é Desmedida

Os pais devem ter em conta que a mesadaé não pode ser usadanemé como prêmio, nemé como castigo. Hé pais que, por impulso, decidem não daré mesadaé por um período de tempo ao filho, por mau comportamento ou notas baixas, por exemplo. Ou então, dão aé mesadaé porque o filho fez alguma atividade domêstica. A mesada jamais pode virar uma moedaé de troca ou já barganha já entre pais e filhos.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Catraca Livre


Leia também