Aprenda como identificar e eliminar um gasto sup rfluo

Aprenda como identificar e eliminar um gasto sup rfluo

Cute young black female doing finances

Em tempos de instabilidade financeira, muitas pessoas tem se dedicado a organizar as contas e tentar conter o endividamento. Infelizmente, não são poucos os casos em que a inabilidade de identificar um gasto supé rfluo prejudica o planejamento e, por maior que seja a vontade de fazer com que os projetos deem certo, os resultados não são os desejados.

Na verdade, eliminar ou pelo menos reduzir cada gasto classificado como supé rfluo é essencial para o sucesso do planejamento financeiro. Pensando nisso, preparamos este post com algumas dicas para ajudé -lo a identificar corretamente esse tipo de gasto. Acompanhe!

Como identificar um gasto supé rfluo

Antes de classificar qualquer tipo de gasto, é preciso identificar sua real condi o financeira. Para preparar o terreno, dedique certo tempo para anotar, em uma planilha ou outra ferramenta de sua preferé ncia, todas as suas despesas.

O objetivo é conseguir o diagnóstico mais preciso possé vel. Assim, é importante não esquecer de nenhum gasto, por menor que seja. Não deixe de lado sequer o cafezinho no intervalo do serviço ou o salgado que comprou para enganar o está mago antes de chegar em casa.

Avaliando o oré amento

Depois de colocar no papel todas as informações levantadas, você terá um raio-x de sua saúde financeira, com detalhes de quanto e como está sendo gasto o seu dinheiro.

Com todos os gastos listados, você vai se deparar com os essenciais já ou que julga serem essenciais já e aqueles claramente supé rfluos. No último caso, hé dois caminhos: cortar definitivamente o hábito que está provocando o gasto ou encontrar uma alternativa para reduzir o valor.

Como eliminar um gasto supé rfluo de seu oré amento

é possé vel que você sinta que não conseguiu a redução que esperava. Talvez seja preciso avaliar a planilha com um novo olhar, é procura de gastos tidos como essenciais mas que, na verdade, podem ser considerados supé rfluos. Enté o, será possé vel eliminé -los do seu planejamentoou adapté -los é sua realidade financeira.

Lazer

A maioria das pessoas considera o lazer como algo sagrado, que não deve ser restringido. Si, o lazer é muito importante, inclusive para a manuten o da qualidade de vida, mas como todos os outros tipos de gastos, deve ter limites.

Estabelecer um limite mensal para os gastos com lazer é uma boa medida para controlar as contas. Uma boa avaliação sobre as formas de se divertir pode evitar o sentimento de frustração por deixar de fazer o que gosta.

Um bom exemplo pode ser encontrado na alimentação. Em vez de sair para jantar ou ir ao cinema todo final de semana, que tal organizar reuniões na casa dos amigos para ver um filme e fazer a pré pria comida? Substituir o passeio no shopping por uma caminhada no parque também pode ser interessante, até para a sua saúde.

Entretenimento

Vale a pena avaliar os seus planos de internet e TV a cabo. Seré que seus hábitos online necessitam de um pacote de dados tão elevado? Ponha na balané a também se a quantidade de canais que você assiste na TV justifica a assinatura de um plano mais caro.

Reduzir os pacotes pode ser uma boa forma de economia. Existem ainda vários serviços de streaming, muito mais em conta e com é timas opé ões de filmes e sé ries.

Vestué rio

Muitas pessoas querem cortar gastos, mas mantem o hábito de comprar roupas já de marca quando poderiam encontrar produtos de qualidade similar e com pre os muito mais acessé veis.

Uma vez que a maioria das grandes empresas terceiriza sua produção, é fácil concluir que as roupas e os calé ados das marcas mais famosas não são de qualidade tão superior como se imagina.

Levando em conta a relação custo-benefício, é possé vel cortar gastos exagerados com vestué rio, sem necessariamente deixar de se vestir bem.

Para atingir suas metas de economia, é fundamental identificar e lidar com cada gasto supé rfluo. Não se trata de abrir mé o de seu conforto, mas de direcionar seus recursos de forma eficiente para que seus objetivos sejam atingidos.