IMG_83F6DB-E0A06D-EC6706-6C1A0F-27092C-19BE30

O transporte mais econômico é o que melhor se ajusta às necessidades e ao bolso do consumidor. Veja os principais aspectos a serem considerados ao escolher entre manter um carro, usar táxi ou serviços de transporte por aplicativo.

“É preciso levar em conta as necessidades da pessoa ou família, sua segurança, comodidade e tempo disponível para se locomover entre um ponto e outro. O aspecto financeiro é importante, mas apenas um entre todos”, orienta Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). 

Trabalho x casa

Morar perto do trabalho tende a elevar o custo da moradia e diminuir os gastos com transporte. Quando o deslocamento diário é curto e rápido, usar táxis ou transporte por aplicativo tende a ser mais barato. Alternar com o transporte público pode gerar economia ainda maior.

Viagens longas          

Para viagens longas, o custo de táxis e transporte por aplicativos é alto. Dependendo da frequência em que as viagens são feitas, pode ser vantajoso manter um carro ou apenas alugar um veículo quando for necessário.

Comodidade

Nos táxis e carros de aplicativos o passageiro pode estudar, se preparar para uma reunião e até mesmo dormir. Já ao dirigir, deve estar atento ao trânsito, o que pode aumentar seu nível de estresse.

Por outro lado, no carro é possível ter maior liberdade para ouvir a música que quiser, mudar a rota quando necessário e ir para qualquer lugar, além da comodidade de ter um veículo à disposição o tempo todo.

Segurança

O serviço de transporte por aplicativos não é regulamentado e possui motoristas que podem ser desqualificados e sem experiência.

Nos serviços de transporte compartilhado – como pool – é preciso considerar o risco em fazer toda a viagem ou parte dela com desconhecidos.

O carro é um item visado por assaltantes, portanto é preciso ter cautela ao dirigir e manter o veículo assegurado.

Despesas com carro

Prestações, seguro, combustível, manutenção, IPVA, licenciamento, lavagens e possíveis multas são as despesas básicas. Em média, correspondem a 2% do valor do carro. A manutenção de um veículo de 20 mil reais, por exemplo, pode custar R$ 400 por mês.

Táxi x aplicativos

Dependendo do horário e do trajeto, o transporte por aplicativos é mais barato do que táxi. Por outro lado, em horários em que o trânsito é maior, os táxis tendem a ser mais rápidos por usarem corredores de ônibus e os taxistas terem maior experiência com o trânsito.

Concorrência entre aplicativos

É válido ter mais de uma opção de aplicativos de transporte para comparar preços antes de pedir as viagens. Além do valor, considere a disponibilidade de motoristas na região.

Peso no orçamento

Não é aconselhável analisar os gastos com transporte separadamente, e sim seu peso no orçamento. O mais importante é que esta despesa não impeça a poupança mensal e a conquista de sonhos ao longo do tempo.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Jornal Dia a Dia


Leia também

Especialista dá dicas para uso do 13º salário

Com a proximidade do pagamento do 13º salário, muitas pessoas já se preparam para utilizar essa renda extra. Mas o que é melhor: destinar aos gastos do final de ano, pagar contas ou investir? Para o educador e terapeuta financeiro ...

Dois terços das famílias não pensam em poupar

Guardar parte da renda é uma preocupação que passa longe de mais de dois terços dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pelo instituto Ipsos a pedido da Fenaprevi para avaliar a percepção do brasileiro sobre poupança de longo prazo. O ...

Sustentabilidade: economizar ajuda o meio ambiente!

Sustentabilidade é algo sério. Muitas pessoas mostram preocupação sobre o tema, se dizem “alarmadas e inconformadas” com tudo isso. Mas a distância entre a indignação e a efetiva ação para mudar a situação atual ainda é muito grande. Pior ainda ...

O estímulo que nos falta

Mudar hábitos é um desafio que se torna mais fácil quando somos estimulados pelo ambiente à nossa volta. Há alguns dias, em visita a uma academia da Força Aérea Brasileira, reparei em um cadete bem mais rechonchudo que os demais, ...

Brasileiros estão com dificuldades para quitar suas dívidas

Quase 90% dos brasileiros estão com dificuldade para quitar suas dívidas. A informação foi apresentada no estudo Retratos da Sociedade Brasileira – Renda e Endividamento, divulgado no mês de setembro pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo o levantamento, 34% ...