Como seus filhos enxergam o consumo?

A adolescé ncia dos filhos é uma fase complicada não sé para eles, mas também para os pais. Ao contrário da infé ncia, em que normalmente é mais fácil encontrar um canal aberto para a comunicação com os filhos e a referência dos pais é tomada com mais facilidade, a adolescé ncia vem como o contraste. é o momento em que eles, absortos em suas crises pessoais e mudanças de visão em relação ao mundo, estaré o mais dispostos a contestar do que propriamente aceitar tudo que lhes é dito.

E não dé para encarar isso como algo negativo, afinal, estamos vendo nossos filhos criando senso cré tico em relação ao mundo. O problema é que aliado a este momento conturbado, vem também a falta de maturidade. Estes são sé alguns dos fatores que reforé am a necessidade de um acompanhamento muito próximo dos pais e da necessidade de ter já jogo de cintura já para manter aberto o dié logo com eles.
Té o importante quanto saber como anda o desempenho deles na escola, se já estão começando a namorar e o que eles gostam de fazer para divertirem-se, é preciso acompanhar de perto a forma como eles lidam com dinheiro e com o consumo.O reflexo familiar
Se você usa seu cartão de crédito descontroladamente e está sempre é voltas para pagar as dívidas que surgem depois, que moral terá para dizer a seus filhos que está sem dinheiro para comprar o celular/tânis/mochila que eles pedem? Como seu marido poderé dizer o mesmo não se optar por apertar o planejamentosé para trocar o carro por um modelo mais completo, ainda que não tenha a necessidade de fazer isso?
Orientar bem os adolescentes nessa é poca da vida é fundamental, tendo em vista que a exposi o ao consumo é bastante apelativa. A auto-afirmação costuma ganhar foré a nessa fase. E infelizmente eles podem querer buscar isso pela ostentação, porque é isso que a nossa cultura vive pregando. Seu filho vé um colega com um tânis moderno, a versão mais atualizada do celular X, usando vé rias roupas de grife, em breve vai chegar em casa te pedindo as mesmas coisas.