Como usar o cartão de crédito sem se endividar

Para não ficar assim, confira as dicas da matéria:

Muitas vezes usar o cartão de crédito é prático e confortável. Você parcela suas compras, tem até 40 dias para pagar sem juros, pode efetuar saques em dinheiro, fazer compras no exterior, entre várias outras vantagens. Mas cuidado, o cartão de crédito pode ser também uma armadilha.

A valor da anuidade do cartão varia de acordo com o banco em que foi emitido, o território em que é válido (nacional ou internacional) e os benefícios associados ao cartão (como programa de milhas, seguro viage, extravio de bagage, chaveiro 24 horas, reboque no caso de acidente de trânsito, etc.).

Antes de escolher seu cartão, saiba exatamente do que você precisa. Não é vantagem ter um cartão internacional se você não viaja com frequência. Neste caso, é um serviço desnecessário que pode pesar no orçamento ao longo do tempo.

Devo ter mais de um cartão?

Não adianta ter vários cartões e não conseguir pagar todas as faturas. Caso você sempre pague o mínimo do cartão é melhor ter apenas um.

Sem juros é melhor!

Programe-se para pagar sempre o valor total da fatura e no dia do vencimento. Quitando sua fatura em dia, você mantém o nome limpo e não paga juros.

Preciso usar o cartão todo dia?

Evite usar cartões para pagamentos de baixo valor, como em padarias, lanchonetes ou até mesmo no cinema. Dê preferência ao cartão de crédito para compras de valor alto. Caso contrário, utilize o cartão de débito.

Estourei o limite e agora?

Só será possível usar o seu cartão de crédito novamente à medida que pagar a fatura mensal. Tente sempre pagar o máximo. Desta forma, você terá 100% do seu crédito no mês seguinte.

O que é rotativo?

É quando você recebe a fatura integral de suas despesas, mas paga somente uma parte. O valor restante somado ao que você deixou de pagar virão na próxima fatura. Ao usar o crédito rotativo você pagará juros e outros encargos financeiros sobre o saldo devedor que não foi pago.