Consumo desenfreado será devastador para aposentadoria

Pesquisa da Serasa Experian constatou que 35% dos brasileiros gastam o dinheiro imediatamente, sem se preocupar em poupar para o futuro 
Cerca de 35% dos brasileiros afirmam sentir prazer em gastar o dinheiro imediatamente, sem poupar para o futuro. De acordo com dados da pesquisa da Serasa Experian, 30% dos entrevistados ainda confessaram que compram por impulso. “Os efeitos desse consumo desenfreado serão devastadores na aposentadoria desses brasileiros”, frisa a executiva do Vida Livre Seguros, Maísa Serra. 
Diante desse cenário, a especialista afirma que é necessário estar atento ao futuro, pois é bem possível que o país não consiga cobrir os custos com a previdência social. “Para isso que é fundamental o respaldo financeiro e o planejamento oferecidos pela opção de previdência privada”. Mas antes de tomar qualquer decisão, o investidor deve estar atento ao plano que melhor se encaixa em seu perfil. 
Feita a escolha, Maísa afirma que o ideal é reservar 25% da renda para garantir uma aposentadoria tranquila. “Além da economia, que deve ser inerente à idade, o ideal é que os jovens busquem cada vez mais informações sobre rendimentos, investimentos e todas as formas oferecidas pelo mercado, para selecionar a que melhor atende suas necessidades e condições atuais”, pontua.