Contra a infl é o nos restaurantes: Marmita!

Comer fora está cada vez mais caro. Entre 2007 e 2011, dados do IBGE mostram o item alimentação fora de casa (que inclui almoço, lanche e café da manhã) com alta de 57,64%, ou seja, quase o dobro da inflação do período, de 30,17%.

E, em 2012, a alta nos preços dos restaurantes continua a estar acima que a média da inflação.

As razões podem ser inúmeras (a inflação dos alimentos, ascensão das classes mais baixas que passam agora a comer fora, salários de empregados mais caros etc.). Mas o fato é que isso afeta diretamente o seu bolso, principalmente para aqueles que trabalham e almoçam fora todos os dias.

Uma alternativa bem interessante, mas não tão comum nos dias de hoje, é a famosa Marmita!

Tudo be, já faz muito tempo que a marmita adquiriu uma imagem bastante pejorativa, e ninguém quer mais ser visto indo para o escritório de manhã, carregando a sua. Uma pena, pois a marmita oferece:

– Economia de dinheiro: sabe aquele almoço de R$ 20,00? Imagine quanta comida é possível comprar no supermercado com isso. Be, você vai gastar também com a preparação do seu almoço (gás, energia, mas principalmente o seu tempo). Mas pode ser a sua grande oportunidade de aprender a cozinhar!

– Saúde: como é você que faz o seu próprio cardápio, é possível manter uma dieta bem mais balanceada, nutritiva e saudável.

– Mais tempo de almoço: como você não vai precisar esperar para pedir/pegar a comida e depois para pagar a conta, vai sobrar mais tempo para aproveitar o horário de almoço. Sugestão? Não deixe de andar um pouco pelas redondezas e aproveitar a hora do almoço.

Infelizmente há muitas barreiras a serem superadas. Por exemplo, existem muitos poucos escritórios que disponibilizam instalações apropriadas para guardar, esquentar e comer a marmita.

Mas o principal problema mesmo pode ser o preconceito, a idéia de que a marmita é algo ‘pouco sofisticado’, ‘antigo’ ou ‘fora da moda’.

Se este é o seu problema, temos a solução! É só chamar a sua marmita pelo seu nome em japonês: “Bentô”. E falar que você segue a tradicional e milenar cultura japonesa de levar comida de casa. Veja só as fotos abaixo:

bento

Fonte: Wikipedia

Convencido? Se precisar de mais algumas dicas para fazer um bom Bentô brasileiro, há vários bons artigos na internet!