Dicas para quitar suas dívidas

Dicas para quitar suas dívidas

5040212-penge

Devido a nossa cultura, não temos o hábito de falar sobre finanças pessoais, sobre como gastar e controlar o nosso dinheiro, muito provavelmente você nunca teve uma conversa sobre esse assunto com seus pais ou na escola. Na faculdade muito pouco, ou quase nada se fala sobre o assunto, e é por esse motivo que mais de 60% da população encontra-se afundada em dívidas e não consegue sair desse círculo vicioso.

Por esse motivo a primeiro medida para se conseguir quitar as dívidas, é passando por uma transformação de crené as e valores, essa transformação gera mudané a de hábitos, de consumos, uma mudané a que gera a disposi o para abrir mé o de certos gastos, mudando a forma de como tratar suas finanças . Ao invé de torcer para que tudo dé certo, você passar a ter a real conscié ncia de como e o que você pode fazer para resolver sua situação, ter a real cié ncia de onde suas escolhas vé o te levar, ao sucesso ou ao fracasso.

Logo abaixo vamos elencar 5 passos para que você consiga controlar suas finanças e aprenda com o tema: Como quitar minhas dívidas. Antes de mostrar o passo a passo é de extrema importância que você tenha a capacidade de tomar as decisões por mais que duras, mas as certas para que esse problema, que tira a noite de sonos de muitos, possa ser resolvida e você passar de um pagador de juros a um receber de juros.

1é Transformação de Hábitos, Crené as e Valores: O primeiro passo como citado anteriormente é você mudar a forma como gasta seu dinheiro, como controla suas finanças, como vé os seus credores. Essa transformação te possibilitaré a tomar decisões assertivas, de forma calma, de modo que se for necessério, abriré mé o, ou reduziré alguns luxos, festas, gastos com supé rfluos que possam estar atrapalhando a retomada de suas finanças .

2é Descobrir o Valor Real da dé vida: O Segundo passo ele é mais té cnico e consiste em realizar um levantamento minucioso do valor devido. Muitos deve, todos sonham em quitar suas dívidas, mas na realidade é maioria das pessoas não sabe o valor real em que sua dé vida se encontra, muitos acham que é melhor nem ver, outros já perderam o controle e a esperané a de que é possé vel resolver a situação. Mas se você quer realmente sanar essas pendé ncias é necessério fazer um levantamento de todas as dívidas, considerando as dívidas do cartão de crédito, cheque especial, amigos e até inimigos.

Apé descobrir o montante classifique-as primeiro pelo valor dos juros do maior para o menor. Para as dividas que não tem juros, classifique-as das menores para a maior. Pois assim você poderé definir as prioridades para pagamento dentro da sua realidade atual.

3é Fazer sobrar dinheiro: Se você achou radical essa medida, estamos no caminho certo, pois não a ganho sem dor, pois se estamos dispostos a quitar nossas dívidas é necessério ter total conhecimento dos nossos gastos e frear todos os gasto possé veis, por isso nesse passo será necessério realizar um levantamento de: qual o valor você recebe mensalmente, seja salário, dividendos, alugué is ou qualquer outra fonte de renda. Apé descobrir o valor levantar também todos os gastos fixos, como (é gua, energia elé trica, aluguel e Outros) e posteriormente os demais gastos que flutuam durante o mês como Alimentação, carro e outros.

Apé realizar os dois levantamentos é necessério fazer o confronto das entradas, menos os valores gastos mensalmente, faé a sobrar pelo menos 20% do dinheiro que chega a sua mé o, talvez seja necessério realizar alguns ajustes nas contas, cortar alguns gastos momentâneos, mas tudo é em prol de um bem maior e por um tempo determinado.

4é Negociar: Apé realizar os passos anteriores, você terá plena conscié ncia de qual valor você terá todos os meses para quitar as dividas, e assim sabendo o valor que você consegue arrecadar mensalmente, é hora de negociar, negociar e negociar! Nesse momento de altos é ndices de inadimplé ncia os bancos estão dispostos a negociar formas de pagamento bem abaixo dos valores devidos, e você com plena sabedoria da sua capacidade de honrar os compromissos, vai é busca da melhor oferta, negocie incessantemente até conseguir os valores que cabem no seu oré amento.

Primeiro faé a essa negociação para as dívidas de maiores juros e conforme as contas forem abaixando ir quitando todas de acordo com as prioridades. Observação importante é que se você for funcioné rio pé blico, a princé pio pode trocar dívidas com juros abusivos por juros do crédito consignado que é bem menor que, por exemplo, cheque especial e cartão de crédito. Mas sé se for funcioné rio pé blico.

Apé realizar esses passos você terá total capacidade de identificar quanto se pode pagar por mês, e em quanto tempo você quitaré a sua dé vida e de qual forma poderé fazer isso mensalmente, poderé passar previsões de pagamento para seus amigos e todos aqueles o qual você deve. Faça a a programação quantos meses forem necessérios para sanar todas as pendé ncias.

5é Gastar com conscié ncia: Durante o período de pagamentos evite gastos desnecessérios, gaste com sabedoria. Antes de realizar uma compra espere pelo menos 30 dias, que é o tempo suficiente para passar toda a ansiedade, se mesmo assim ainda tiver o interesse de comprar, ai sim valeré a pena é boa aquisi o, evite comprar parceladas.

Apé quitar todas as dívidas repense sobre o período de arrocho e cortes e procure controlar melhor suas finanças, evitando gastar por impulsos. Aprenda a viver gastando menos que se ganha, para que sim! Possa viver uma vida tranquila e como uma saúde financeira saudável.