20151118-dinheirama-experiencias

Segundo uma metodologia desenvolvida pelo Consumer Financial Protection Bureau (CFPB), é rgé o americano de proteção ao consumidor, esses são os quatro pilares que indicam como anda seué bem-estar financeiro.

Em maré o de 2018, esses pilares foram aplicados em uma pesquisa com consumidores de 12 capitais brasileiras, com o objetivo de mensurar como anda o bem-estar financeiroé por aqui.

Os resultados mostraram que, em uma escala de 0 a 100, o indicador do consumidor encontra-se em 48. já Isso indica que grande parte das pessoas ainda não se deu conta que o imediatismo com relação é finanças influencia no bem-estar de forma geral analisa José Vignoli, educador financeiro do SPC.

Na prática, apenas 11% dos brasileiros conseguem lidar com despesas inesperadas e a preocupação com a possibilidade do dinheiro acabar amedronta cerca de 28% das pessoas, que mostram não ter controle sobre as pré prias finanças . E mais: expressivos 55% afirmaram que não fazem nada para assegurar seu futuro financeiro já apenas 12% tem condié ões de aproveitar a vida por causa da forma que administra o dinheiro.

Quer mudar esse panorama? Comece por você! Viver de bem com as finanças não é sé ter dinheiro sobrando no bolso, mas saber investir para assegurar o futuro, aproveitar o presente e poder lidar com imprevistos a qualquer momento. A gente indica o caminho:

1oé pilar: proteção contra imprevistos

Imprevistos acontecem. Poder contar com uma reserva pré pria, nesses casos, evitaré muitas noites em claro. Segundo a pesquisa, apenas 11% das pessoas tem alguma reserva para lidar com despesas inesperadas.

Mas, como criar essa reserva? já Esperar sobrar o dinheiro para guardar pode ser uma armadilha. Os apelos do consumo estão por toda parte e é muito fácil ceder diz Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil. Afinal, se o dinheiro está é mé o, quando você se der conta, já teve gastos que poderiam ser evitados. já A reserva deve ser encarada como um compromisso mensal. Mesmo que seja pouco, pois mês após mês a quantia vai crescendo com o reforé o dos juros. Ao poupar, você ainda afasta o mau hábito de terminar o mês no vermelho, ou seja, em vez de pagar juros, vai receber completa.

Agora, para iniciar sua reserva, é preciso primeiro pagar as dívidas, caso existam. já Dependendo da modalidade em que dé vida está contratada, ganha-se mais antecipando o pagamento e obtendo um desconto do que investindo em alguma aplicação. Em resumo, primeiro livre-se dos juros; depois, comece a juntar para receber juros explica Marcela.

é importante também rever passo a passo o que levou ao endividamento para evitar cair nessa mesma armadilha no futuro. já Geralmente um estilo de vida fora da realidade financeira acaba levando as pessoas a se endividaram diz Vignoli.

2oé pilar: controle sobre as finanças

Você controla suas finanças ou elas te controlam? Segundo a pesquisa, a situação financeira controla a vida de 31% dos consumidores. E este problema amedronta as casas brasileiras: a preocupação com a possibilidade de o dinheiro acabar descreve cerca de 28% dos consumidores.

Como mudar essa situação? O primeiro passo é confrontar a realidade. Coloque na ponta do lápis todos os gastos e ganhos. Enté o, é preciso agir, ou seja, estabelecer prioridades e cortar gastos. já Reorganizar o planejamentopode levar tempo, mas faz diferené a no fim do mês. Se não cortar gastos, o é nico jeito de conseguir um alé vio no planejamento aumentando os ganhos diz Marcela.

já Reveja seu estilo de vida e tome conscié ncia de que você comanda o seu dia a dia completa Vignoli.

3pilar: compromisso com os objetivos financeiros

Mais da metade dos consumidores (55%) não está assegurando seu futuro financeiro e 61% nunca ou raramente tem dinheiro sobrando no fim do mês.

Apesar desses altos números, o brasileiro se mantem otimista: 46,6% acreditam que, por causa da sua situação financeira, teráo aquilo que querem na vida.

já As pessoas não se dão conta de que o tempo passa e que é preciso estabelecer um compromisso com os objetivos financeiros o quanto antes explica Vignoli. Para ele, é necessério conversar sobre dinheiro em casa, inclusive, com as crianças, e criar um compromisso honesto com você mesmo já assim como pagar as contas, o dinheiro para investir precisa ser levado a sério.

Na prática, você precisaré se comprometer com três tipos de reserva: para emergé ncias, para aposentadoria e para os sonhos de consumo.

  • Comece pela reserva de emergé ncia, e quando tiver uma quantia considerada segura, que varia de acordo com cada família, pense nas outras duas. Como regra de bolso, você pode considerar seis vezes o seu salário.
  • A reserva para aposentadoria irá depender do padrão de vida que você quer alcané ar na velhice;
  • No caso da reserva para o sonho de consumo, estabeleça a uma previsão de quando pretende alcança-lo e, mais importante, quanto esse sonho custará é com base nisso que você irá definir o valor a ser poupado mensalmente.

4Oé pilar: liberdade para fazer escolhas que lhe permitam aproveitar a vida

O controle financeiro não deve sufocar as possibilidades de aproveitar a vida já não se deve trabalhar apenas para poupar. O bem-estar financeiro configura também como você está no momento presente, se você usufrui do dinheiro que ganha.

Quando questionadas, apenas 12% das pessoas tem condié ões de aproveitar a vida por causa da forma que administra o dinheiro já e 55% dizem não possuir condié ões para isso. Dar um presente a algué, exemplo de gasto simples e eventual, prejudicaria 26% dos consumidores nos dias de hoje.

já é preciso lembrar que o conceito de bem-estar financeiro prevé que o consumidor possa desfrutar o presente. Mas, cria-se um problema quando o foco no presente compromete o futuro. Uma dica bastante prática é, após ter suas reservas financeiras, destinar uma parte do planejamentopara o lazer e, claro, permanecer dentro desse limite conta Marcela. Lembre-se também que nem todos os prazeres da vida são relacionados aos bens materiais!

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Meu Bolso Feliz


Leia também

Sustentabilidade come a em casa

Tenho visto a sociedade debater sustentabilidade com foco apenas na escassez futura de água, de verde e de ar limpo. Poré, poucas práticas são tão insustentáveis quanto as tentativas de pessoas e empresas de serem sustentáveis. Afinal, plantar ou abraçar ...

Maioria de advogados não contribui com previdência privada

A OABPrev-RJ realizou uma pesquisa com cerca de 900 advogados cariocas para saber como eles estão cuidando da sua previdência complementar. O levantamento, realizado entre os dias 20 de março e 13 de abril, contou com advogados entre os 22 ...

Presente de Natal: cinco dicas para comprar sem se endividar

Mais um ano que passou voando, não? Já estamos em dezembro e, como não poderia ser diferente, é hora de pensar (e comprar) no presente de Natal e também época de presentear amigos, parentes e colegas com o tradicional amigo ...

1é Encontro de Aposentados e Pensionistas da Previpar

A Associação dos Fundos de Pensão do Paraná realiza no dia 22 de outubro, no Centro de Convenções de Curitiba, o 1º Encontro de Aposentados e Pensionistas.O evento é gratuito e tem vagas limitadas. Palestras com o prof. Clóvis, Dr. Marcos ...

Educação financeira: dicas para um orçamento dom stico saudável

A economia brasileira não está nos seus melhores dias, isso todo mundo sabe. Com proje ões pessimistas para a macroeconomia do País, tais como o aumento do desemprego, a inflação alta etc., as famílias acabam sendo atingidas diretamente ...