Economize sem sofrer

Economia não é deixar de comprar o que necessita, mas apenas adiar esse gasto e garantir, de forma consciente, o consumo no futuro. Confira cinco dicas para começar a poupar

Crie metas – É importante definir quanto será poupado por mês e para quê. Isso ajuda a não desistir no meio do caminho.

Seja camarada com o seu bolso – Mesmo que demore mais tempo para alcançar o objetivo, separe uma quantia que não pese tanto no orçamento. Querer poupar já é um grande passo, seja qual for a quantia. 

Esqueça esse dinheiro – Não conte com o dinheiro que vai guardar. Aquele valor que irá virar poupança não deve ser usado a cada nova oportunidade de consumo que surgir. Isso ajuda você a juntar seu dinheiro.

Dinheiro guardado em casa é dinheiro parado – Juntar dinheiro debaixo do colchão, em uma gaveta ou em uma caixinha parece prático, mas nem sempre é uma boa ideia. Além de problemas como roubo, incêndio, enchente etc., com o passar do tempo, o dinheiro vai perdendo o seu valor de compra por conta da inflação. Uma boa opção são os produtos e serviços bancários, como poupança ou uma previdência complementar. Converse com o gerente do seu banco e veja qual a melhor alternativa.

Aproveite seu pé-de-meia – Ter um dinheiro guardado é uma forma de garantir um futuro mais tranquilo, poder investir na educação de seus filhos, comprar bens necessários (estudo, viage, imóvel) ou abrir um negócio próprio. Pense nisso.