Educação  Financeira: 3 dicas essenciais

Educação Financeira: 3 dicas essenciais

Smiling Mother Looking At Her Daughter Sitting On Couch Holding Piggybank

Algumas crianças adoram dinheiro. Outras não lhe ligam nada já não queremos criar filhos dependentes do dinheiro e do consumo, pois sabemos que é possé vel fazé -los valorizar coisas bem mais importantes, como a importância da amizade, do esforé o, do trabalho. Neste artigo vamos deixar-lhe 3 dicas importantes para que o seu filho consiga lidar melhor com o dinheiro.

Se der mesada já Dé com crité rio

Se quiser dar mesada aos seus filhos, defendemos que o deve fazer com crité rio. De fato, não devemos dar dinheiro aos nossos filhos, para os remunerar ou premiar por coisas que eles tem obrigação de fazer, como ter boas notas ou lavar a loué a em casa.

Agora, se a sua inten o for dar ao seu filho uma não é o real do que o dinheiro custa, permitindo é criança tomar decisões conscientes face ao consumo e ao custo de oportunidade que as suas decisões acarreta, a mesada pode ser uma excelente ferramenta nesse sentido.

Seré que a criança deve ir ao supermercado?

Muitos pais se questionam se deve, ou não, levar os seus filhos ao supermercado. A este respeito, sou da opinié o de que levar os nossos filhos conosco, mesmo correndo o risco destes fazerem birras e pedirem tudo, pode ser uma boa via de educação financeira.

Claro que, sobretudo nas primeiras visitas, o seu trabalho pode ser mais difácil, podendo eventualmente ter de passar por alguma vergonha. Contudo, com o tempo, notamos que as crianças se tornam mais disciplinadas, com uma maior não é o do valor do dinheiro e do que podem ou não podem ter sendo que, em muitos casos, passam a ser os próprios filhos a ajudar os pais com a lista de compras ou na procura de produtos com os pre os mais convidativos.

O que é essencial na sua vida?

De todas as lié ões que possamos passar aos nossos filhos, esta é talvez a mais importante. De fato, quando falamos sobre dinheiro com as crianças, o mais importante é passar-lhes valores de vida, que as permitam ser no futuro pessoas melhores. Distinguir o essencial do acessério é fundamental para que os nossos filhos percebam que são já seres humanos já e não já teres humanos já e que o valor deles está no que eles são e não do que eles tem .

E as contas poupané a?

Uma grande ajuda para incentivar o seu filho a poupar passa por induzir a utilização de contas poupané a. Podem não ser produtos extraordiné rios para o longo prazo mas tem algo que as pessoas gostam muito: pouco risco. Acredite que se os seus filhos virem o dinheiro a crescer todos os meses ou trimestres já vé o perceber que compensa poupar dinheiro todos os meses.