Sem categoria
21/06/13

Educação financeira e desafio para famílias de todas as faixas de renda

Responda rápido: se você gasta menos do que ganha é educado financeiramente?
 
Ainda são muitas as pessoas que pensam que guardar dinheiro é sinônimo de educação financeira. Não se engane. Este é apenas o começo. Educação financeira é não perder horas de sono por conta de problemas financeiros, sejam eles por falta de dinheiro para pagar dívidas ou porque está em aplicações financeiras inadequadas ao seu perfil de risco.
 
Neste século, poré, em que a vida está mais longa, a aposentadoria está por sua conta e risco e os planos de saúde estão cada vez mais caros, só para citar alguns dos novos desafios, ser educado financeiramente passa a ser imperativo.
 
Governos por todo o planeta estão preocupados com o tema e colocando o tema na pauta de suas prioridades de políticas públicas. O Brasil, por exemplo, lançou em 2010 a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), que prevê, inclusive, o ensino de conceitos financeiros nas salas de aula.
 
Como mostra uma pesquisa da Serasa Experian, mesmo aquelas famílias que têm uma renda maior ainda assim caem em armadilhas financeiras.
 
Fonte: Mara Luquete – Jornal da Globo