Educação  financeira simples e fácil

Educação financeira simples e fácil

20150805-dinheirama-planilhas-controle-financeiro

Fim de ano chegando e claro que dé cimo terceiro está ai para ser usado, ou não? Depende. Isso mesmo, depende dos seus objetivos e metas.

Educação financeira não é você se privar da sua vida social, ou deixar de comprar algo que te deixe feliz ou até mesmo não participar do amigo secreto ou dar presentes para quem você gosta e admira, não mesmo! Se educar financeiramente é saber usar o dinheiro equilibrando, de forma planejada e organizada, o quanto você ganha e o quanto você gasta, ou seja, é uma cié ncia humana do segmento comportamental. Educação financeira é mudané a de hábitos ou melhora de hábitos.

Sempre sou procurado, depois das minhas palestrar por jovens e adultos, falando o quanto foi fácil de entender as finanças pessoais e que estão motivados em mudar suas atitudes em relação ao dinheiro e é esse o instituto deste artigo, fazer uma linguagem simples e moldada a ação para que você mude o seu comportamento ou melhore sua relação com o dinheiro.

Tenho algumas orientações que você já pode ter ouvido falar ou não, mas nada adianta se ouviu dizer e não colocou em prática. O é nico jeito de você conseguir o seu objetivo é no erro-acerto e no melhor jeito que se adapta a sua rotina e realidade.

1é – Anote tudo! Falo em minhas palestras o quanto é chato fazer isso, poré m necessério. Anote em um lugar que for o mais pré tico pra você no ato do gasto, ou seja, em um papel, na planilha do celular, em algum aplicativo especé fico, todos os gastos que você tem na rua, por onde você anda. Você comprou um chiclete, anota! Você tomou aquele cafezinho, ou almo ou, ou jantou, ou qualquer coisa que teve que desembolsar algum dinheiro tanto por cartão de crédito, dé bito, cheque, dinheiro ou moeda.

Observação: Você deve fazer este sacrifé cio somente por um mês, começando por agora! Não deixe para a “segunda-feira”!

2é – Realize o seu oré amento! Sempre explico o que é oré amento, porque não fica muito claro para as pessoas o que realmente é isso. Nada mais é do que projetar. Oré amento é projetar o dinheiro que vai gastar e receber. Depois que você teve o sacrifé cio de todo dia anotar os seus hábitos de gastos, vai saber, primeiramente, se gasta mais dinheiro do que recebe. Sabendo o quanto você gasta já da para separar o que é despesas fixas, varié veis e opcionais.

Despesas Fixas = Existe todo mês e não muda de valor. Exemplo: aluguel, prestação do carro/casa, condomé nio, entre outros.

Despesas Varié veis = Existe todo mês e muda de valor. Exemplo: luz, telefone, fatura do cartão de crédito, entre outras.

Despesas Opcionais = Pode ou não existir todo mês, sem uma periodicidade de costume. Exemplo: Compra de roupas, cinema, restaurante, entre outros.

Observação: você vai reparar, depois das suas anotações dié rias, que as despesas opcionais são as que mais gastam entre as outras.

3é Tenha metas e objetivos! Pode entender isso como sonhar, pois todo mundo tem sonhos. Mas coloquei como metas e objetivos pois é interessante o seu sonho ser sempre palpé vel de realização.

4é Invista em educação! Sabemos que o importante não é o quanto você ganha, mas como você gasta o seu dinheiro, correto? é comprovado cientificamente em vários meios de comunicação e em revistas especializadas que quanto mais você estuda, aumenta o grau de escolaridade ou em educação continuada para se manter antenado no que está acontecendo no mundo do seu segmento de atuação, mais você ganha dinheiro. Como disse e reforé o, sabemos que não é importante o quanto ganha, mas sabendo como você gasta, quanto mais ganha dinheiro maior será a diferené a (sobra de dinheiro) para aplicar em suas metas e objetivos!

Observação: Aqui eu não entro no mé rito de abrir um negé cio ou investir em alguma ação na bolsa de valores pois isso requer um grau de risco que não faz parte de uma educação financeira. Primeiro você faz o bé sico para ai sim alcané ar os próximos né veis. Abordarei este assunto em outra oportunidade.

5é Entenda sobre investimentos! Como disse no paré grafo anterior, o assunto de investimento mais arriscado falo em outra oportunidade. Este paré grafo é para alertar as pessoas que estão em uma situação mais favorável que é de gastar menos do que recebe e quanto for come ar a dar os primeiros passos a investimentos, não ir é cegas a uma institui o financeira e aceitar tudo que o seu gerente tem a oferecer para investimento.

é de suma importância você aprender e entender um pouco sobre investimentos, o seu o bolso, com este tempo de estudo, vai lhe agradecer! O seu gerente do banco, com certeza entende muito de investimento, claro! Mas ele está pressionado por metas e precisa bater essas metas antes de acabar o dia, semana, mês e ano! O que é importante é você saber o que você quer (seus sonhos), quanto tempo está disposto em esperar e o quanto de risco está disposto a correr.