Empresas agora oferecem programas de bem-estar financeiro a funcioné rios

Empresas agora oferecem programas de bem-estar financeiro a funcioné rios

funcionario-felizAs empresas estão expandindo seus programas de bem-estar para além do corpo dos funcioné rios: agora elas estão focando em seus bolsos.

Empresas como Meredith Corp., Staples Inc. e PepsiCo Inc. come aram a oferecer programas com o objetivo de melhorar a segurané a financeira dos empregados.

Elaborados a partir dos programas de bem-estar fé sico que convidam os empregados a perder peso ou realizar exames médicos, os programas de bem-estar financeiro incluem aulas de finanças, sessões de aconselhamento e até videogames criados para ajudar os funcioné rios a pagar suas dívidas, adequar-se ao planejamentoe poupar para a aposentadoria.

Os chefes dizem que os programas também elevam a produtividade, citando descobertas de pesquisas que sugerem que os funcioné rios com problemas financeiros podem ficar distraé dos e faltar ao trabalho.

Os empregados pode, contudo, se perguntar por que seus patrões simplesmente não elevam os salários.

Vé rios anos depois da recessão global e de um longo período de crescimento ané mico dos salários, os trabalhadores americanos ainda não estão satisfeitos com a situação de suas finanças .

O mais recente relaté rio de emprego do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos mostra que o salário médio por hora dos trabalhadores do setor privado subiu 2,1% em maré o ante igual período do ano anterior e que os salários tem crescido em torno de 2% nos últimos quatro anos. Cerca de 80% dos trabalhadores dos EUA e Porto Rico estão sob né veis moderados e altos de estresse financeiro, segundo avaliação de aproximadamente 40 mil trabalhadores realizada pela empresa de educação financeira Financial Fitness Group no ano passado.

As empresas afirmam que trabalhadores que sofrem de estresse por questões financeiras ficam doentes com mais frequé ncia e podem adiar a aposentadoria. Em 2013, 76% dos empregadores afirmaram que estavam interessados em programas de bem-estar financeiro, de acordo com pesquisa da Aon AON -1.31% Hewitt. No ano passado, 93% afirmaram que estavam planejando criar ou expandir seus esforé os.

Na Meredith Corp., trabalhadores que responderem a um já teste de bem-estar financeiro já com 35 questões ou fizerem um curso sobre refinanciamento de hipoteca ganham pontos que podem torné -los elegé veis a planos de saúde mais baratos oferecidos pela empresa de média.

Os cé njuges dos empregados também podem obter pontos, diz Tim O já Neil, diretor de benefícios e bem-estar dos empregados da empresa. Em 2014, 80% dos 5.200 funcioné rios e cé njuges da Meredith participaram de pelo menos um workshop e 95% responderam o questioné rio, que pergunta se a pessoa está com contas atrasadas e se o estresse financeiro afeta sua produtividade no trabalho.

Desde que o programa come ou, o estresse financeiro dos empregados caiu a um ritmo que O já Neil acredita refletir mais que a melhora da economia americana. A empresa afirma que o foco dos empregados no trabalho também aumentou.

Segundo pesquisas da Meredith, 88% dos funcioné rios que disseram ter pouco estresse financeiro não faltaram por motivo de doené a no ano passado, um resultado 10 pontos percentuais melhor que o dos que estão com altos né veis de estresse financeiro.

Como os programas de benefícios corporativos colocam mais responsabilidade sobre os funcioné rios, o diretor-presidente da Meredith, Stephen Lacy, diz que ele espera que o auxé lio nas finanças pessoais já fortale am já os funcioné rios para que faé am as escolhas certas. já Toda essa atividade autodirigida é extremamente arriscada sem muita educação e esforé o diz ele.

Outros dizem que as empresas estão tentando resolver um problema que elas mesmas criaram. já As empresas extinguiram muita assistância e segurané a social que elas costumavam fornecer diz Jeffrey Pfeffer, professor de comportamento organizacional da Faculdade de Pé s-Graduação em Administração de Stanford. já Já que a rede de segurané a foi retirada, é claro que o estresse vai aumentar.

Em um relaté rio da consultoria Towers Watson TW -2.10% de maré o do ano passado, 76% dos trabalhadores disseram que seu empregador já recentemente promoveu mudanças significativas que podem comprometer suas finanças no curto ou longo prazo como redução de benefícios de aposentadoria ou alta dos custos com assistância mé dica.

Pode parecer algo como já se o planejamentofor melhor, você terá mais dinheiro diz uma editora da Meredith em Nova York, que falou em condi o de anonimato para não desagradar seus chefes. já Se eu ganhar mais dinheiro, eu terei mais dinheiro.

Ela também achou o programa já um pouco como o big brother já : já é um pouco desconforté vel deixar quem paga seu salário saber quais são suas margens já .

A Meredith afirma que a informação financeira das pessoas é confidencial e que ela analisa as respostas das pesquisas com os funcioné rios apenas na sua totalidade. Os empregadores também afirmam que os programas de bem-estar financeiro mostram aos empregados que eles se importam já e também custam menos do que elevar os salários. Segundo a Meredith, o programa tem um custo de US$ 100 mil por ano.