2

Pesquisa sobre endividamento revela que oito em cada dez pessoas que moram sozinhas não se planejam financeiramente para custear as suas despesas. O levantamento inédito foi feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Morar sozinho contribuiu para que 34% dos entrevistados extrapolassem o orçamento em alguns meses e 66% dos entrevistados não fizessem um controle efetivo de seus gastos. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que mais de 10 milhões de pessoas vivem sozinhas no país, número que cresceu quase 40% na última década.

Ainda de acordo com a pesquisa, não ter alguém para dividir as contas foi usado como justificativa para as dívidas em 49% dos casos. A falta de planejamento leva 25% dos que moram sozinhos ao endividamento. Já 41% responderam que, no fim do mês, não falta nem sobra dinheiro, e 23% estão no azul. Outros 41% ficaram inadimplentes nos últimos 12 meses e 62% continuam na inadimplência.

Quando falta dinheiro, 24% dos entrevistados passam a comprar coisas mais baratas, 22% pedem dinheiro emprestado a amigos ou familiares e 21% cortam gastos como TV a cabo e supermercado. Em média, o valor da dívida é de R$ 1,5 mil no cartão de crédito (36%) e cartão de lojas (20%), influenciado pela diminuição da renda (23%), empréstimo do nome para terceiros (23%), desemprego próprio ou de alguém da família (22%) e problemas de saúde (20%).

Segundo a pesquisa, sete em cada dez (67%) não têm reserva financeira e entre os 33% que têm, a poupança é a modalidade mais comum (80%). No entanto, 78% não sabem o valor que têm em seus investimentos. A motivação mais recorrente das pessoas que moram sozinhas para fazer reserva é o uso em caso de imprevistos (31%), as viagens (19%) e a aposentadoria (17%).

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Agência Brasil


Leia também

Dez passos para tornar seu salário mais produtivo

 O povo brasileiro foi às ruas reclamar da má administração do dinheiro público. E você? Como tem administrado seu dinheiro? O consultor financeiro Francis Hesse lista dez passos para melhorar a produtividade do seu salário.1 – Identifique  e visualize  todos os seus ...

Economizar ou Viver?

 Hoje muitas pessoas e fami?lias brasileiras esta?o endividadas simplesmente pelo fato de gastar mais do que ganha. Mesmo aquelas que possuem um maior esclarecimento, um poder aquisitivo acima da me?dia e uma o?tima formac?a?o, na?o recebe educac?a?o financeira e sofrem ...

ENCONTRO NO SUL DEBATE DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVOS

 Enquanto manchetes como “fundos de pensão cortam metas de rentabilidade” chegam da mídia, as questões sobre taxas de juros mais adequadas aos fundos de pensão ganham a tônica entre dirigentes, gestores e profissionais do segmento previdenciário. Sob o tema “taxas ...

Maioria das crianças acredita que dinheiro traz felicidade

 Pesquisa feito no Reino Unido mostra que 22% das crianças entre 5 e 10 anos respondem “ser rico” quando questionadas sobre os desejos para a vida adulta. Parece que formar uma família unida, ser inteligente e ter sucesso não são preocupações ...

Desaposentadoria: expectativa

 Em agosto de 2009, convidado pelo Diário do Grande ABC, escrevi sobre a ação de Desaposentadoria que, à época, ainda era uma palavra um tanto desconhecida à população, porém já bastante discutida no mundo jurídico. Neste artigo, expliquei o objetivo ...