Especialistas afirmam que aumento  na conta de luz pode chegar a 40%

Especialistas afirmam que aumento na conta de luz pode chegar a 40%

luzCom o reajuste extra, o aumento da energia este ano pode chegar a 40%. O ministro de Minas e Energia recomendou que a população economize luz. O ministro Eduardo Braga diz que não é racionamento, porque energia te, mas ela é cara, e vai ficar ainda mais para o bolso do consumidor.

Oficialmente, ainda não se sabe quanto, mas especialistas ouvidos pelo Bom Dia Brasil disseram que o aumento vai ser superior a 35%, podendo chegar aos 40%. Por isso, economizar está na ordem do dia.

Nada de desperdé cio na casa de Mariel e Luan. Os banhos são ré pidos. Poucos são os dias de passar roupa. Mesmo assim, em menos de um ano eles dizem que a conta de energia quase dobrou, e com o ané ncio de novo aumento, provavelmente para maré o, acham que já não tem tanto como economizar.

já A gente está tentando juntar mais roupas para lavar de uma vez sé, a gente está tentando tomar banho gelado, aproveitar esse calor, né ? conta a estudante Mariel da Silva.

já E agora com aumento, é quase impossé vel a gente conseguir diminuir mais porque a gente já está no limite da tentativa de economizar afirma o servidor pé blico Luan Gomes.

A Aneel diz que é precipitado estimar algum valor para os reajustes de energia deste ano. Mas, como são conhecidos os componentes que devem entrar nos dois reajustes, é possé vel fazer estimativas. Consultores especializados no setor elé trico já fizeram cé lculos preliminares de quanto deve ser o reajuste.

O Bom Dia Brasil pediu a ané lise de duas consultorias. As duas acreditam que a conta de luz vai subir mais de 35%. Foram consultados o Instituto Acende Brasil e a Comerc Energia. Os dois levaram em conta os mesmos componentes para os reajustes, entre eles o fim do subsé dio do governo ao setor, a elevação do pre o de Itaipu e o reajuste anual. Para u, a conta vai subir 37% e, para o outro, 40%.

O presidente da Comerc, Cristopher Vlavianos, explica que os custos de geração e de distribui o de energia estão subindo muito desde 2012 e não foram devidamente repassados para as tarifas. já Esse impacto vem sendo represado e isso acaba dando um sinal de pre o equivocado para o consumidor. Quer dizer, o consumidor não está sentindo que a situação é grave. Ele não está sentindo que ele precisa reduzir o consumo de energia explica.

Mas o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, discorda dessas previsões. já Não creio em tarifa de 40% diz.

O ministro negou ainda risco de racionamento de energia, mas aconselhou a população a consumir menos. já Se pudermos economizar, se pudermos controlar isso, ajuda para que nós possamos ter eficié ncia energé tica, redução de consumo, redução de gastos nessa área e, obviamente, impacta positivamente a tarifa. Não é racionamento. Né temos energia. Ela existe, mas ela é cara ressalta.