Faça um aporte extra com o mercado em baixa

Faça um aporte extra com o mercado em baixa

Aportes extras são fundamentais para acelerar o crescimento do seu patrimônio financeiro e previdenciário

A pandemia da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus vem resultando em prejuízos econômicos em todo o mundo. Ao passo que algumas economias começam a ensaiar uma recuperação, outras ainda enfrentam estagnação e aumento do número de casos, o que se reflete no mercado financeiro. Infelizmente o cenário econômico global ainda permanecerá incerto por um bom tempo, segundo analistas de mercado. Esse cenário resultou em quedas nos preços dos ativos financeiros, o que representa, por outro lado, uma oportunidade de mercado. Aproveitá-la significa comprar “na baixa”, e isso acaba refletindo, futuramente, na rentabilidade positiva dos planos de previdência.

Gestão de investimentos é coisa séria e as Entidades Fechadas de Previdência Complementar possuem equipes especializadas e capacitadas para aproveitar as oportunidades do mercado, como a atual. Hoje, em meio à pandemia, o mercado financeiro está em baixa. Isso significa que os ativos financeiros estão mais baratos. Portanto, aportar agora garante um potencial de valorização maior do que aportar quando os ativos já estiverem recuperado os seus preços.

Especialistas em finanças e investimentos recomendam os aportes extraordinários como forma de aumentar os ganhos financeiros. Eles podem vir de várias fontes de receita, como 13º salário, bônus por participação nos lucros, recebimento de férias, herança e, inclusive, da grana que sobrou no final de um mês em que você não gastou muito.

Mas lembre-se: previdência é um investimento de longo prazo. Junto com o planejamento financeiro para o futuro, você precisa organizar suas finanças no presente. Uma forma recomendada por especialistas em educação financeira é a criação de uma reserva de emergência. Essa reserva é a garantia de que, caso ocorra algum imprevisto (como uma pandemia!), você conseguirá lidar com ela de forma mais tranquila, sem apertar o seu orçamento mensal, ou pelo menos reduzindo muito os riscos de ficar no vermelho. E essa regra não depende de quanto dinheiro você tem, pois é seguida e indicada por muitos grandes investidores. É aconselhado você ter na sua reserva de emergência o suficiente para pagar sua despesa total mensal por pelo menos 6 meses. Feito isso, agora podemos voltar a falar nos aportes.

Os aportes extras podem ser feitos a qualquer momento e têm como objetivo principal acelerar a construção do seu patrimônio. Basta entrar em contato com sua entidade de previdência para verificar o procedimento, que é bastante simples. Trata-se de uma forma eficiente de garantir uma aposentadoria mais tranquila e segura para poder realizar seus projetos e sonhos futuros. Ao fazer um aporte extra, você aumenta o volume acumulado e faz seu dinheiro crescer mais rápido por meio do poder dos juros compostos. Não sabe o que são juros compostos? Confira este texto e aprenda o básico a respeito desse elemento fundamental no mundo dos investimentos.

Ah, e não deixe de consultar as regras no regulamento do plano da sua entidade parta fazer tudo certinho, ok?

#issoprotegesuavida

Programa de Educação Financeira e Previdenciária A Escolha Certa

Compartilhe nosso conteúdo com a hashtag #issoprotegesuavida nas redes sociais!

 –

Outros textos desta série:

A importância de não realizar resgate na previdência em momentos de baixa do mercado

Diversificação de investimentos: segurança de receber sua aposentadoria

Mercado em baixa? Agora é hora de investir em Previdência!

Você certamente já ouviu o mais famoso jargão do mercado financeiro

Consumismo e previdência complementar