Gastos regulares: você conhece a regra 10 mil   300?

Gastos regulares: você conhece a regra 10 mil 300?

inadimplenciabrasil

R$ 15 que você gasta todo dia em lanches se transformam em uma despesa de, nada mais nada menos, R$ 150 mil em 20 anos! E você sabia que tem uma regra bem simples para calcular isso? Hoje vamos te explicaré como saber quanto um gasto diário ou mensal pode representar ao longo dos anos.

Pequenas despesas se tornam grandes patrimé nios ao longo do tempo.é O CEO do GuiaBolso, Thiago Alvarez, calculou exatamente quanto seria possé vel poupar do planejamentodurante 20 anos caso hábitos diários e mensais fossem alterados ou reduzidos. Dessa conta, surgiu a regra 10 mil já 300. Confira como ela funciona!

Regra 10 mil já 300

Existem diversas formas de equilibrar o oré amento. Você pode repensar grandes gastos como aluguel, aumentar a renda com algum trabalho extra ou mesmo diminuir oué eliminar do dia a dia pequenas despesas. A regra 10 mil já 300 fala justamente sobre os gastos que individualmente parecem pequenos, mas que quando são acumulados fazem uma grande diferené a na sua reserva. Mas vamos lé entender o que significam os números?

Gastos diários

Na nossa rotina, hé milhares de gastos corriqueirosé para os quais, muitas vezes, não damos muita aten o. Este é o caso do almo o em restaurantes, lanches e café da tarde ou mesmo assinaturas de coisas que não usamos ou lemos.

Se quer saber quanto esse gasto diário representaria após 20 anos, basta multiplicar a quantia por 10 mil. Por exemplo, se você costuma desembolsar R$ 15 pra almo ar todos os dias, em duas dé cadas você teria acumulado R$ 150 mil! Uma bela fortuna que você poderia usar para comprar uma casa, investir ou mesmo desfrutar melhor a sua aposentadoria, já pensou?

Outro exemplo: se você conseguir cortar do seu dia a dia o valoré de uma passage, andando alguns quarteirões a mais, levando em consideração que o ônibus em Sé o Paulo custa R$ 3,80, seriam R$ 38 mil poupados após 20 anos. E isso se não houver reajuste! Ou seja, se hé esta op o de ir a pé, a considere.

Claro, alguns hábitos dificilmente podem ser cortados por completo. Mas para almo os fora de casa, por exemplo, por que não levar sua pré pria refei o algumas vezes por semana? O mesmo vale para os lanches da tarde, sucos e é gua que são consumidos em lanchonetes todos os dias.

Gastos mensais

O impacto das despesas mensais também é grande após algum tempo. Mais especificamente, a poupané a que você pode fazer em 20 anos corresponde a 300 vezes o valor do seu gasto mensal.

Em termos pré ticos, vamos supor que você gaste R$ 100 em pizzas ao longo do mês. Em 20 anos, além de ter consumido bem menos calorias, você poderia ter poupado R$ 30 mil. Uma op o é trocar a pizza por refeié ões feitas em casa.

Para roupas, a dica é reduzir o consumo. Se você tem o hábito de comprar R$ 200 em roupas todos os meses, seriam R$ 60 mil após duas dé cadas. Quando resolver fazer qualquer compra, espere 24 horas. Se no dia seguinte ainda achar a aquisi o fundamental e importante, faé a a compra. A probabilidade de você reduzir a sua vontade, poré, é alta.

Tanto para a conta do impacto dos gastos diários como os mensais foi considerado o efeito da inflação ao longo do tempo. No cé lculo, considerou-se também que o poupador conseguiria aplicar o dinheiro em um investimento que garantisse um retorno de 3% de juros reais (ou seja, já descontando o efeito da inflação).