2

É verdade: controlar o próprio dinheiro é uma das missões mais difíceis para quem nunca teve o hábito. Se você é daqueles que não imaginam o quanto gastam e, todas as vezes que recebem o salário ou mesada, saem comprando e acumulando dividas por aí, saiba que você pode reverter esta situação. Apesar dos impulsos consumistas e da falta de organização, algumas medidas simples podem ser tomadas e podem evitar que você entre em um caos financeiro.

Mas atenção! Antes de conhecer as dicas que elaboramos para ajudá-lo a controlar o seu dinheiro, é preciso que saiba que a principal atitude a ser tomada para que você consiga se organizar financeiramente é ter vontade de mudar. De nada adianta estabelecer metas se você não possuir determinação para alcançá-las.

Preparado para o desafio de se educar financeiramente? Então, confira estas dicas que listamos para conseguir controlar o seu dinheiro e não deixá-lo escapar de suas mãos!

Organize as despesas e evite as dívidas

Para controlar a sua grana, é preciso que você também controle as suas dividas. Por isso, sempre vale pensar e elaborar formas de se assegurar que você não esteja gastando desnecessariamente. Uma forma bem legal de fazer isso é estimar os gastos essenciais – como aluguel, prestação de financiamentos, escola, alimentação, dentre outras – e saber o quando destes débitos consomem do seu orçamento. A partir deste relatório, você conseguirá analisar o quanto pode dispensar do seu dinheiro para outros bens.

Além disso, é importante não cair nas tentações de promoções e parcelamentos de cartões de crédito e compras em prestações. Analise a real necessidade daquele bem que você pretende comprar e veja se o valor cabe em seu orçamento. Dessa forma, você vai evitar que tenha, futuramente, desesperos e precise vender ou repassar aquilo que comprou para pagar a dívida contraída.

Economize para comprar

Se você possui um forte senso consumista, aprenda a poupar o seu dinheiro para, depois, gastá-lo. Esta é uma boa medida para que você não se descontrole financeiramente e nem venha saber, depois, que não possui recursos para garantir a sua estabilidade.

Além disso, esta pode ser uma boa opção para o seu bolso e oferece enormes vantagens para você. Se conseguir adquirir produtos quando já tiver o dinheiro suficiente para comprá-los, você ainda pode obter bons descontos e levar o item por menos do que estava planejando. Dessa forma, você consegue satisfazer os seus desejos e garantir que eles não o deixarão no vermelho.

Invista o dinheiro para garantir mais tranquilidade

Ao controlar o seu dinheiro, uma boa forma de garantir o sucesso e a estabilidade financeira é investir parte do que está sobrando para que, futuramente, possa usufruir daquilo que foi aplicado em sua conta. Comece separando 10% de sua renda e invista-os em alguma conta que possa multiplicá-los. Dessa forma, você poderá concretizar sonhos com o dinheiro investido. Se você pretende montar o seu próprio negócio, por exemplo, é importante que tenha sempre um recurso para investir em suas ideias.

Mas, lembre-se: não interrompa os investimentos antes da hora e não deixe de realizar as suas aplicações. Isso também faz parte do seu controle! Assim, há grandes chances de você obter bons resultados.

Controlar o seu dinheiro é só o primeiro passo para que você possa alcançar outros objetivos bem maiores. Por isso, organize-se, utilize uma planilha de gastos, avalie os seus gastos, corte as despesas desnecessárias e poupe a grana que está sobrando. Ao realizar estas ações, você garantirá tranquilidade e nunca mais ficará perdido no meio de tanto descontrole.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte:


Leia também

Estrat gias para educar financeiramente os filhos

Engana-se quem pensa que a educação financeira já faz parte da rotina das famílias brasileiras. Não poderia ser diferente, se pensarmos nos anos e anos que o Brasil viveu em meio à hiperinflação. Mas os tempos de estabilização vieram para ...

Por que ser gentil e valorizar as pessoas faz você crescer e enriquecer?

Quando iniciamos nossa carreira profissional, normalmente nos preocupamos com o aprendizado, a formação, o tipo de escola que iremos frequentar, a capacidade dos professores e outras coisas deste tipo. No entanto, hé algumas questões muito mais relevantes que deixamos ...

Invista tua aposentadoria

Um ouvinte me pergunta se o trabalhador precisa se afastar da empresa para se aposentar. Não. Essa exigência deixou de existir a partir de julho de 1991, com a Lei 8.213. Aliás, tem sido muito comum pedir aposentadoria no primeiro ...

Como come ar a educação financeira para jovens?

Dentre as pautas que devem fazer parte das reuniões e debates familiares, a educação financeira para jovens merece destaque. Em uma sociedade cada vez mais consumista, saber guiar os desejos dos filhos, mesmo que os menores, refletiré no futuro. ...

Saiba cinco passos para organizar financeiramente seu intercé mbio

Fazer um intercé mbio e ter a possibilidade de estudar e morar em outro país é sonho de muitos estudantes. Mas, para que ele se torne realidade são necessérios alguns cuidados e procedimentos. Dentre eles, o planejamento financeiro é ...