Investir em educação e uma eficiente aplic é o financeira

 Para quem tem filhos, especialmente pequenos, existe sempre a preocupação de que tipo de herança é possível deixar para eles. É muito louvável que os pais pensem no futuro dos filhos, pois, daqui a 15, 20, ou 25 anos, o cenário econômico é imprevisível. Então, se refletirmos um pouco, podemos perceber que o melhor que podemos fazer é deixar aos nossos filhos um conjunto de bens tangíveis e intangíveis.

Os bancos e as instituições financeiras incentivam os pais a abrirem a primeira caderneta de poupança para os filhos, fazer um seguro de vida, que pode ser útil no caso de imprevistos, ou até mesmo outro tipo de aplicação financeira que possa garantir a tranquilidade na vida adulta. Tudo será ótimo e ainda melhor com a adequada formação dos filhos, uma educação de qualidade e a promoção de atividades que os desenvolvam física e intelectualmente.

Escolher uma escola para os filhos, que ofereça um bom material pedagógico e atividades que o capacitem para a vida adulta, é o passo inicial para que ele tenha mais probabilidade de sucesso em seu futuro, pessoal ou profissional.

Investir em educação é fundamental, pois o mercado de trabalho muda constantemente, as relações de poder se alteram com mais facilidade e, hoje, cada vez mais, conhecemos relatos de pessoas muito jovens que alcançam cargos de liderança. E sempre nos perguntamos como isso aconteceu. E concluímos que eles tiveram sorte, ou já possuíam um bom valor em seu patrimônio. Mas acredito que eles tiveram uma base educacional muito boa, foram estimulados a refletir, criar, inovar, discutir com os colegas, aceitar desafios e também aprender com os erros que fizeram parte de seu cotidiano.

Além da boa formação escolar, os pais podem e devem investir na educação financeira dos filhos, formando, assim, cidadãos mais conscientes e responsáveis por sua vida financeira e pelo adequado manejo do patrimônio. E isso significa tanto ajudar na formação de uma carteira de investimento para eles como orientá-los sobre como gerenciar seus recursos.

Hoje, temos uma maior expectativa de vida, nossas instituições são mais sólidas, nossa sociedade já alcançou níveis maiores de maturidade e ainda temos mais oportunidades no mercado financeiro com produtos que oferecem uma rentabilidade atrativa para todo tipo de prazo. Se somarmos a tudo isso boas informações e disciplina nos investimentos, com certeza nossos filhos terão muito mais chance de sucesso.

Não há como garantir que tudo sairá como foi planejado e sonhado pelos pais. Mas ao menos proporcionaremos aos nossos filhos as condições favoráveis para sua realização na vida adulta.