dinheiroNão precisa ser economista ou analista financeiro para saber que o Brasil e o mundo estão passando por mudanças importantes. Basta prestarmos atenção nas pautas dos noticiários que nos trazem temas como inflação, desemprego, queda na economia, desequilíbrio na balança comercial, corrupção, escândalos, dólar em alta e por aí vai.

Com um estado de política democrática, como é o caso do Brasil e com a força que possuímos junto ao mercado internacional, nosso país está enfrentando importantes desafios e, em uma visão de curto prazo, o remédio vai ser amargo, porém a médio e longo prazos, a cura é certa.

Não se trata de excesso de otimismo ou um ufanismo sem controle, estamos falando de estatísticas e projeções, as quais mostram a importância de nosso país, seu povo e de todos os insumos que produzimos.

Em todos os momentos da nossa recente maturidade democrática e por que não dizer, nos tempos de controle ditatorial, uma questão era comum e válida até os dias atuais: Como devemos fazer para ter uma aposentadoria mais tranquila?

A resposta em qualquer tempo se resume em poupar, entender que a educação financeira e por sua vez o investimento em previdência privada complementar são soluções para uma tranquilidade maior nos momentos em que estamos parando de trabalhar ou diminuindo nosso ritmo.

Independente do atual momento econômico que o Brasil e o mundo estejam passando, o futuro sempre vem. De um modo geral, tudo se encaixa e se regulamenta graças às ações de curto, médio e longo prazos que os governos e a sociedade se mobilizam organizadamente para resolver, com a aposentadoria complementar é exatamente igual.

Em momentos de crise é que devemos imaginar o futuro, e pensar no presente o que poderíamos fazer para ter uma boa aposentadoria. Acreditamos que podemos começar agora a escrever um final feliz para este filme.

Regidia A. Frantz – Presidente da Associação Catarinense das Entidades de Previdência Complementar – ASCPrev

Compartilhe nas Redes Sociais:

Fonte: Revista A Escolha Certa


Leia também

O principal segredo de quem enriquece não é segredo algum

Esforço, disciplina, persistência e resistência à frustração estão entre os principais ingredientes para conseguir alcançar os objetivos que traçamos para nós. Mas, quando o assunto é dinheiro, há uma regra fundamental que, embora óbvia e amplamente divulgada entre “os segredos ...

Economista dá 10 dicas para conquistar a independência financeira

Planejar o orçamento e estabelecer metas são alguns dos pontos importantes Conquistar a independência financeira é um grande sonho que, para a muitas pessoas, parece distante e difícil de ser realizado. Mas com um bom planejamento é possível chegar lá. “Conquistar ...

Finanças pessoais: Renegociação de dívida

Falando de finanças pessoais, o melhor dos mundos é quando tudo que você recebe ao final do mês é suficiente para pagar todas as contas. O problema é que isso nem sempre acontece e as dívidas vão se acumulando e ...

Quanto poupar, afinal?

Consultores e educadores financeiros sugerem que a poupança ideal deve ficar entre 8% e 15% dos ganhos Economizar 10% da renda para as necessidades futuras é um tradicional clichê em educação financeira pessoal. Nem sempre funciona, pois trata-se de uma ...

Entenda o que influencia na cotação do dólar

Se você costuma acompanhar o que está acontecendo no mundo, já deve ter ouvido muita gente falando sobre a cotação do dólar. Parece um assunto que nunca se esgota, não é mesmo? De certa forma, não. Mesmo que muitos cidadãos não entendam ...