Livro ensina educação  financeira para crian as

Livro ensina educação financeira para crian as

20151019-dinheirama-mesada

O Programa Nacional Jovem conversou com o educador financeiro e escritor do livro já O Lobo Milioné rio e os três porquinhos Eduardo Coelho, sobre suas propostas pedagógicas de educação financeira para crianças, adolescentes, jovens e adultos e a temé tica abordada no livro.

A proposta do livro é direcionada aos alunos do ensino fundamental. A histé ria do livro trata a educação financeira de forma lé dica e traz a combinação com outras maté rias de forma interdisciplinar, podendo ser acompanhada durante todo o ano letivo.é A ideia é ensinar a criança a lidar com o seu próprio dinheiro e planejar o seu futuro. Eduardo Coelho explica que a mesada é uma maneira de ensinar as crianças e os adolescentes como investir o seu dinheiro e como fazer planos para o futuro.

O educador financeiro sugere um mé todo, que promove a divisão da mesada em três cofrinhos. O primeiro cofrinho, que será para comprar o que a criança quiser, se colocaré 40% da mesada. O segundo cofrinho, que será para comprar coisas caras, se colocaré os outros 40%. O terceiro e último cofrinho, com os 20% restantes, será para investir no futuro, ou seja, esse dinheiro será usado apenas quando ela crescer.

De acordo com Eduardo Coelho, se a criança aprender a investir o seu dinheiro dessa forma, quando crescer e come ar a ganhar o próprio salário, ela saberé direcionar o seu dinheiro e ainda conseguiré garantir o seu futuro: “o mé todo para os adultos é o mesmo, 40% do salário, ou seja, o primeiro cofrinho, deve ir para as contas dié rias, 40% que representa o segundo cofrinho, deve ser investido e guardado, para que se compre coisas caras, como carros e apartamentos e os 20% restantes, deve ser guardado como uma forma de investimento para o futuro”, explica o educador financeiro.

Eduardo Coelho lembra que é importante que se reserve 8% do seu salário, para o lazer, senão o planejamento e investimento, podem ser abandonados por desanimo de quem sé guarda dinheiro e não se diverte.

O educador Financeiro também desenvolve palestras gratuitamente em escolas para os pais e alunos para que haja uma conscientização conjunta.