Não consigo economizar e agora?

1. Tenha um caderno,bloco,planilha para anotar os gastos, entradas e etc. Sim eu sou a louca dos cadernos!! Eu não tenho um caderno específico para finanças mas se vocês prefere, fica a critério. Tenho um caderninho que é quase um diário, onde eu anoto o que eu tenho que fazer no dia, tudo o que eu como (reeducação alimentar) e tudo o que eu gasto. ”Mas Yara não fica uma bagunça?" Não, é uma bagunça que eu me acho, e uso uma folhinha para cada coisa então tá tudo certo. Anotem todos os gastos, não só valores, mas quanto gastara, com o que e onde. No final da semana (ou mês) faça um balanço e veja com o que você gasta mais, se são coisas realmente necessárias, se tem um lugar que você comprou algo que em outro lugar pagou mais barato pelo mesmo produto. Analisem essa questão de custo benefício.
  
2. Faça uma prévia de gastos. Antes da semana começar, anote tudo o que você sabe que tem que gastar, passage, gasolina, almoço, contas. E no final da semana, veja os seus gastos anotados e veja o que passou, se passou muito? Você deve estar gastando sem necessidade né?
  
3. Tenha um objetivo. Porque eu estou economizando? O que eu vou fazer com esse dinheiro? É um fato que para tudo na vida temos que ter objetivos assim como para economizar dinheiro. Então, trace um objetivo, se você quer ir a um show, comprar uma máquina, fazer uma viagem etc.
  
4. Tenha um cofre. Definitivamente minha parte favorita! Os cofres sempre surpreendem a gente, que quando menos esperamos, encontramos ele cheio. É ótimo! Estabeleça um compromisso com o seu cofre, se você quiser encher um cofre só de moedinhas perdidas, boa sorte! É possível mas quem tem cofre sabe que demora. Então estabeleça o tal compromisso, de além de moedinhas perdidas, colocar uma quantia certa dentro do cofre diariamente, não precisa ser muito, mas aquilo que você pode colocar e que sabe que não vai fazer falta. Quanto a quando abrir o cofre, fica a seu critério. Eu gosto de cobrir meu cofre, de uma maneira que eu não veja o dinheiro, porque se eu sei que tem muito já fico querendo gastar, se eu sei que tem pouco, não me animo pra por mais.