Planejamento financeiro para festas do final de ano

A alta do dólar neste ano fez com que alguns itens tradicionais das festas de final de ano encarecesse, como vinhos e frutas importadas e panetones.

O preço do vinho comprado no exterior subiu de 8% a 12% em relação ao natal do ano de 2012, o que fez da bebida a maior vítima da valorização da moeda americana. Além disso, houve queda de 7% a 10% no volume de importação.
 
Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), a venda de vinhos importados deve encolher 1,2% e o preço das frutas importadas aumentou 10,1% em média, na comparação com o Natal do ano passado. O panetone deve ficar 6% mais caro. O motivo é que o trigo, principal matéria-prima do produto, é negociado em mercados internacionais, portanto, em dólar, que subiu ao longo do ano.
 
Para fugir dos preços mais altos, economistas consultados afirmam que o planejamento é a chave, e para William Eid, professor da FGV-EAESP, nós devemos estabelecer um limite de gastos do fim de ano, e segui-lo.