Planejamento financeiro: tudo o que você precisa saber

Planejamento financeiro: tudo o que você precisa saber

Cute young black female doing finances

O que é o Planejamento Financeiro Pessoal?

O planejamento financeiro pessoal é a ferramenta ideal para organizar todas as suas despesas e receitas, tanto o que você já recebeu ou gastou quanto o que ainda está por vir. Ao aplicé -lo nos recebimentos e gastos, é possé vel assumir o controle das suas finanças pessoais, evitar compras por impulso, que podem levar ao endividamento, e saber sempre quanto você tem na sua conta corrente. Além disso, o planejamento financeiro pessoal permite que você identifique quais são os hábitos nocivos que você tem em relação ao dinheiro e possa agir para mudé -los.

Antes mesmo de come ar o seu planejamento financeiro pessoal, é importante definir quais são seus objetivos financeiros. Seré o eles que irá o nortear suas ações e o motivaré o a manter seu planejamento. Entre os objetivos financeiros estão, por exemplo, comprar um carro, fazer um MBA no exterior e dar entrada em um apartamento. Além de definir o que deseja, é essencial determinar o valor e o prazo para realizar seu objetivo, como fazer um curso de MBA que custa R$ 20 mil em um prazo de dois anos.

Quando você define o prazo e o valor para cada objetivo permite que se calcule o tempo exato que falta para atingir sua meta e, claro, qué o próximo você está de alcan -la. A tânica do planejamento financeiro pessoal é simples: você define e avalia seus objetivos de vida, aprende a comprar e a fazer as escolhas certas, evita desperdé cios e constantemente faz uma revisão de necessidades e prioridades.

Veja dicas para fazer e manter o seu planejamento financeiro pessoal

Organize as contas pessoais

Organize, primeiramente, todas as suas receitas, como salário, rendimentos, renda extra etc. Depois, é a vez dos gastos que você tem em todas as categorias do planejamentopessoal, como alimentação, transporte, moradia, saúde, lazer etc.

Acompanhe todas as suas receitas e despesas

Organizar as contas pessoais não basta. preciso registrar diariamente tudo o que entra e o que sai da sua conta corrente e cartão de crédito e acompanhar, de preferé ncia, semanalmente, suas despesas e suas receitas. Desenvolver este hábito é essencial para não deixar seu futuro financeiro a cargo da sorte e assumir o controle das suas finanças pessoais. Ao analisar suas finanças, não esque a dos gastos futuros, como parcelas do cartão do crédito, cheques pré -datados e afins, e de verificar quando você receberé seu salário e rendimentos. Assim, você se certifica que a conta irá fechar e você não ficaré no vermelho no final do mês.

Elabore um plano de ação para atingir seus objetivos financeiros

Plano de A é o é o planejamento de tudo o que você terá que fazer para atingir o objetivo financeiro que deseja. é um momento essencial para avaliar quais são suas prioridades, condié ões financeiras e, també, o resultado esperado pelas ações traé adas. Seu plano deveré deixar claro tudo o que será preciso fazer, como, quando, o valor necessério e por que você considera importante realizar cada ação. Caso um dos seus objetivos financeiros seja, por exemplo, comprar um carro, você deve, em primeiro lugar, especificar por que que deseja este objetivo (deslocar-se para o trabalho com mais rapidez, viajar no final de semana etc.). Em seguida, definir o prazo (em dezembro de 2016, daqui a um ano etc.) e, depois, estabelecer como você vai atingir este objetivo (economizando R$ 500 por mês, vendendo o carro antigo e poupando R$ 100 por mês etc.). Na última coluna, coloque quanto custa o seu sonho (R$ 30 mil, R$ 40 mil etc.). Para se certificar que seu planejamento está sendo efetivo, é possé vel usar o plano de ação em muitos objetivos financeiros.

Compare pre os antes de comprar

Um dos pilares do planejamento financeiro pessoal é observar as oportunidades e evitar o desperdé cio. Neste sentido, comparar pre os antes de comprar qualquer item é fundamental. Com a ajuda da internet é muito fácil pesquisar e saber qual é o melhor negé cio. Enté o, antes de comprar qualquer produto, veja seu pre o em outras lojas. Com uma simples pesquisa você pode economizar de 10% a 20% nas compras que faz. Você pode pesquisar loja por loja ou apostar em sites de pesquisa de pre o, como o Buscapé . Caso compre via web, não esque a de checar a reputação do site. Afinal, de nada adianta comprar um produto por um bom pre o, mas de uma loja que não é confié vel.

Compre somente aquilo que precisa

Planejar é garantir que seu dinheiro será usado da melhor forma. Por isso, comprar apenas aquilo que realmente precisa é um ponto fundamental para ele funcionar. Para evitar desperdé cio de dinheiro, identifique seus pontos fracos (para alguns, ir ao supermercado com fome, outros não conseguem resistir a uma promo é o de sapatos já ) e procure superé -los. Uma forma eficaz é planejando cada compra que faz, inclusive, no supermercado. Faça a uma lista dos itens que precisaré no mês e se atenha a ela. Faça a este planejamento em casa. é Isto evita a compra por impulso e as armadilhas de lojas e shoppings para estimular o consumo.

Mantenha o planejamento financeiro pessoal em dia, controle seus gastos, siga seu plano de ação e veja como será bem mais simples realizar seus objetivos financeiros.

O que é Planejamento Financeiro Familiar?

Acumular as reservas financeiras necessé rias para lidar com imprevistos, realizar objetivos financeiros da família e proporcionar segurané a no futuro são os grandes benefícios de investir em um planejamento financeiro familiar. Para come ar a desenvolvé -lo, é essencial a participação de todos os integrantes da família, inclusive os filhos, que, juntos, irá o debater os valores familiares e definir quais são os objetivos e prioridades que irá o nortear o desenvolvimento do planejamento financeiro. é importante que estes objetivos reflitam as necessidades de todos os membros da família e levem em consideração a possibilidade de serem realmente atingidos.

Parte vital do planejamento financeiro familiar é o planejamentodomêstico, que será a ferramenta pela qual as estraté gias definidas em conjunto por toda a família será o efetivamente colocadas em prática. Veja dicas para montar e manter o planejamento financeiro familiar e entenda sua importância para o futuro da família:

Envolva todos os integrantes da família no planejamento

O primeiro passo para o planejamento financeiro familiar funcionar é ter o envolvimento de todos os membros da família, inclusive os filhos. Re na os habitantes da casa e ressalte a importância de todos se responsabilizarem pela saúde financeira da família. Com este envolvimento, é mais simples criar o planejamentofamiliar e atingir os objetivos financeiros familiares, além de contar com a colaboração de todos no corte de gastos.

Mapeie as despesas familiares

Famé lia envolvida e objetivos financeiros definidos, é hora de mapear todas as despesas de quem mora na casa. Comece anotando todos os gastos familiares e a forma como eles são quitados (dinheiro, dé bito em conta corrente..). Inclua no mapeamento até mesmo as pequenas despesas, como estacionamento, ingresso para cinema, balinhas, cafezinho etc. Somados, estes gastos podem ter um impacto relevante no planejamentofamiliar.

Estabele a prioridades

O planejamento financeiro familiar passa por estabelecer quais são as prioridades nas despesas da família. Neste momento, é preciso separar os gastos que são supé rfluos daqueles que são essenciais. Este processo irá simplificar sua vida na hora de cortar gastos. é Entre as despesas que não podem ser cortadas estão aluguel, mensalidade do colé gio, condomé nio e financiamento do carro. Hé, ainda, as despesas que não podem ficar de fora, mas que, se preciso, são passé veis de redução, como conta de luz, gé e telefone. Por fi, hé os gastos relacionados ao estilo de vida, que tem o maior potencial de corte, como lazer, restaurantes e compras.

Crie metas para as despesas familiares

Para colocar as finanças no eixo e criar um planejamento financeiro familiar que realmente funcione é importante criar metas para as despesas da família. Estabele a um limite de gastos para cada categoria do planejamentofamiliar, como Moradia, Saé de, Alimentação, Lazer etc. e se atenha a essa quantia. Para funcionar, é importante fazer um acompanhamento de gastos semanal para verificar que não extrapolou nenhum limite e, se for o caso, colocar o pé no freio para ficar dentro do que foi planejado.

Tenha metas para poupané a

Assim como no planejamento financeiro pessoal, os objetivos financeiros devem nortear também o planejamento da família. Por isso, é fundamental estabelecer metas de poupané a para realizar os sonhos comuns a todos os membros da casa e, ainda, para ter um fundo de emergé ncia para ser usado em caso de imprevistos, como doené a, problemas no carro ou desemprego. Com dinheiro vivo e a possibilidade de pagar bens é vista é possé vel ainda negociar pre os melhores, além de economizar no pagamento de juros e impostos que estão embutidos nas compras a crédito.

Planeje as compras da família

Planejar as compras permite a pesquisa de pre os e a possibilidade de adquirir um bem sem se descapitalizar. Para comprar um segundo carro, por exemplo, faé a as contas incluindo, além do valor total do be, as despesas extras, como seguro, IPVA, manuten o e combusté vel. A partir daé, defina o prazo para realizar o objetivo, o tempo para alcança-lo e um plano de ação para torna-lo realidade.

O planejamento financeiro familiar é uma ferramenta viva, que deve ser acompanhada e avaliada constantemente, afinal os objetivos financeiros podem mudar, assim como a situação das receitas e despesas. Por isso, faé a uma reunié o mensal com todos os membros da família para fazer uma ané lise do mês que passou, planejar o próximo e, se for o caso, acertar o rumo.