Porque as aposentadorias diminuem

 No Brasil, segundo o IBGE, existem 24 mil centenários. É isso mesmo, 24 mil brasileiros com mais de cem anos.

A expectativa de vida de quem nasce aqui é de 73 anos, mas nessa estatística, estão incluídas a mortalidade infantil e a dos jovens. A mortalidade infantil diminuiu, mas ainda é alta, e a insegurança e os abusos no trânsito, ceifam milhares de vidas de adolescentes em nosso país.

Agora, passada esta fase, a nossa longevidade é muito alta, no nível da de países desenvolvidos.

Veja, na idade de 54 anos, que é a média das aposentadorias por tempo de contribuição no Brasil, um brasileiro tem uma sobrevida de mais 26 anos. Ou seja, vai receber aposentadorias até os 80 anos.

Ora, a longevidade não diminuirá. Ao contrário, só aumentará, e a idade média das aposentadorias permanecerá a mesma. Resumo: cada vez mais a previdência social vai precisar de mais dinheiro para pagar aposentados e pensionistas.

Como o povo, com razão, não aceita mais aumento de contribuições e impostos, o governo federal só terá uma alternativa: diminuir aposentadorias. Aliás, isso vem ocorrendo sistematicamente. O INSS que já pagou 20 salários de aposentadorias, hoje, paga, no máximo, 6,3.

Entenderam porque digo sempre que é importante fazer também uma previdência privada?