Saiba como planejar seu casamento (mês a mês)

Subir no altar, dizer e ouvir o “sim” é o sonho de muitas mulheres. E para uma parcela enorme dessas noivas, esse sonho vai além de uma simples confirmação de votos. Ele tem um lugar especial, o vestido perfeito, o cardápio adequado e a trilha sonora da vida. Elas querem fazer algo inesquecível para si mesmas e para todos os seus convidados. Para que o sonho se realize de forma impecável e sem faltar um item sequer, não há segredo. E o primeiro passo é a programação. De cara, são tantos detalhes, fornecedores e serviços a serem contratados que parece ser impossível conseguir resolver tudo a tempo. Para o planejamento não virar um pesadelo, confira a seguir um calendário mês a mês, elaborado com a consultoria de especialistas, que ajuda a noiva a organizar o casamento. E lembre-se: para não enlouquecer, delegue tarefas e aceite ajuda de familiares, amigos e do seu noivo. Assim, o caminho rumo ao altar fica muito mais bonito.
 
1.  Defina o orçamento
O primeiro e mais decisivo passo de toda a programação é fechar o orçamento. A verba que os noivos terão disponível é fundamental para as decisões dos próximos meses. Isso vai influenciar, inclusive, na escolha da igreja, outro passo que deve ser dado logo no começo. Lembre-se: uma igreja grande requer mais decoração e, consequentemente, mais gastos. A escolha do vestido começa aqui. Procure o estilista e desenhe o modelo. Quem vai comprar pronto ou alugar, pode pensar nisso mais para a frente, perto do Mês 5.
 
2. Faça a lista
Faça uma lista prévia de convidados. Isso também influencia a definição da igreja. Casamento e igreja vazia não combinam! Para as tradicionais, um ano é pouco tempo para a reserva. Em algumas, a fila para certas datas chega a até dois anos. Comece a procurar lugares para a festa, sempre lembrando que eles devem ser próximos do local da cerimônia. No seu orçamento cabe uma assessora de casamentos? Se a resposta for si, está na hora de contratá-la. Peça indicações.
 
3. A hora do bufê
É bom começar a pesquisa pelo bufê da festa. “Meses como maio, setembro e novembro são muito procurados”, diz Alexandre Cymes, do bufê Arroz de Festa. A noiva que planeja a festa nessa época deve começar sua busca até o terceiro mês do planejamento. Para outros períodos, a nove meses do casamento é suficiente. É hora de provar e definir cardápios. Outra dica: “Quanto antes a noiva fechar, mais prazo ela terá para pagar”, lembra Cymes. Feche o contrato do bufê e busque o decorador.
 
4. Pense na festa
A noiva já deve escolher o tipo de festa que quer, cor, tema e estilo. “Nos primeiros dois meses, selecione local, data na igreja e feche contrato com o assessor; no quarto mês, comece a ver os móveis, conhecer as empresas e pensar na concepção do projeto”, diz Lilian El Maerrawi Haddad, gerente de marketing da 100% Eventos. A essa altura, a noiva já pode convidar damas de honra e pajens e procurar um cerimonialista.
 
5. Planeje a lua de mel
Está na hora de fechar a lua de mel. Providencie documentos, passaportes e vistos necessários para a viagem. Procure também os músicos da cerimônia. Para quem pretende alugar um carro para o grande dia, este é o momento adequado. E como está o vestido? Se comprou sob medida, é bom verificar como está o andamento. Se vai comprar pronto, é hora de escolher o modelo.
 
6. Defina o som
DJs e bandas de casamento, assim como os fotógrafos, são quase tão disputados quanto as igrejas. Então contrate agora quem vai animar a festa. “Pode haver convidados que não dançam há 10 anos, pense neles ao escolher a trilha”, aconselha o DJ Felipe Venâncio. Se o lugar não conta com estrutura de so, contrate também uma empresa especializada. Comece a pesquisa dos convites.
 
7. Chame os padrinhos
Convide os padrinhos, o que deve ser feito pessoalmente. Faltando seis meses para o grande dia, é bom estar com os móveis fechados. “O calendário é acirrado e a noiva garante o que ela quer para a data”, diz Lilian, da 100% Eventos. Com essa antecedência, pode-se pensar em personalizar tudo, trocar o tecido dos estofados, mudar a cor de mesas e cadeiras, etc. “Isso demanda pesquisa de cores e materiais”, afirma. 
 
8. Prove os doces
Momento de degustar os docinhos. “Não aconselho a provar com muita antecedência. Quatro meses antes é o ideal”, diz Carole Crema, da La Vie en Douce. Isso porque, entre a degustação e o casamento, pode surgir alguma nova tendência. “Definindo os doces muito antes, a noiva corre o risco de perder o frescor da novidade”, completa. O bolo pode ser escolhido para combinar com a decoração da festa. Conclua a lista dos convidados e mande fazer os convites. Providencie também a lista de presentes e o lembrete que acompanha os convites.
 
9. Escolha o buquê
Falta pouco! Envie um save the date e crie um site para o casamento. Considere contratar serviços de manobrista e segurança. A apenas quatro meses da cerimônia, é preciso definir o buquê e a grinalda. E atenção: pense no noivo. Acaba sobrando para a noiva definir o traje do parceiro e até pensar em matricular o casal em uma aula de dança para fazer bonito na festa.
 
10. Núpcias: reserve!
Chegou a hora das lembrancinhas. Pesquise os fornecedores e escolha o mimo que os convidados levarão da festa. Tenha em mente também a noite de núpcias. Se o casal vai passar a primeira noite em um lugar especial, faça a reserva. E comece a enviar os convites.
 
11. Cuide-se
Agora o foco é a noiva. Ela deve marcar o teste no cabeleireiro e pensar nos cuidados com a pele. “Com dois meses de antecedência, é possível fazer um peeling profundo – contando que a pele vai descamar e estará perfeita para o dia”, diz a dermatologista Ligia Kogos. Tratamentos leves, como um peeling de ácido retinoico, podem ser feito até 15 dias antes da data do casamento.
 
12. Contagem regressiva
É a véspera do casamento. Dez dias antes, verifique com todos os contratados se está tudo certo para a data. É hora de fazer a última prova do vestido e lassear o sapato para garantir o conforto. Dois ou três dias antes, a noiva pode consultar uma dermatologista
para uma limpeza leve e também fazer as unhas, sobrancelha e depilação. E, o mais importante: a noiva deve descansar para estar radiante na hora do “sim”.