Sete dicas para economizar na compra de material escolar

Sete dicas para economizar na compra de material escolar

82ed39a5286cd34d8d926ab80f1d8277Para muitas famílias brasileiras, a compra do material escolar representa a maior despesa do início do ano, principalmente para os pais que possuem mais de dois filhos. Já que o gasto é inevité vel, é possé vel reduzir o peso no planejamentocom atitudes simples, como realizar pesquisas de pre os, reaproveitar livros e buscar fazer compras coletivas que possam gerar descontos na loja. De acordo com levantamento do Procon Pernambuco, a diferené a de pre o dos produtos vendidos em livrarias e papelarias do Grande Recife pode chegar a 250%.

já é importante lembrar que as escolas sé podem solicitar livros e materiais de uso pessoal dos alunos em sala, em quantidade coerente com as atividades praticadas e sem restri o de marca. As escolas são proibidas de pedir materiais de uso comu, como produtos de higiene e limpeza, ou utilizados na área administrativa, como cartuchos de impressora, giz, e piloto de lousa explica o gerente juré dico do Procon-PE-, Roberto Campos.é A prática, além de abusiva, nos termos do artigo 39 do Cé digo de Defesa do Consumidor, é proibida, como dispé e o paré grafo 7é do artigo 1é da Lei 9.870/99:

Caso os pais desconfiem de alguma irregularidade praticada pela institui o de ensino, podem fazer uma dené ncia ané nima ao Procon-PE. já Muitos pais não denunciam porque temem algum tipo de constrangimento aos seus filhos. Mas nós garantimos o anonimato da dené ncia. Vale lembrar também que mesmo sem portar o material, os alunos não podem ser impedidos de participar das atividades escolares diz Roberto Campos. O número para dené ncias do é rgé o é o 0800.28.21.512.

Confira abaixo algumas dicas repassadas por Roberto Campos que podem ajudar a economizar e evitar aborrecimentos na hora de comprar o material escolar.

1 já Solicite a lista detalhada do material, com a previsão de uso de cada item. Os pais não são obrigados a entregar todo o material no início do ano. Podem optar em realizar a entrega fracionada, seguindo o calendé rio de atividades.

2 já Reaproveite os materiais do ano anterior pouco utilizado. Também vale reaproveitar livros em bom estado usados por filhos de amigos e parentes. Se as escolas exigirem livros de edié ões recentes, precisam justificar o motivo.

3 já Entre em contato com outros pais para organizar compras coletivas. Vé rios estabelecimentos dão um bom desconto para esse tipo de ação.

4 já Pesquise pre os em pelo menos três lojas. Não existe segredo. é preciso comparar item por item. A economia pode ser grande ao final da soma de todos os produtos.

5 já Desconfie de grandes promo ões, com valores bem abaixo do mercado. O produto pode ser falso ou de mé qualidade. Procure materiais que seguem as normas da ABNT e que tenham o selo do Inmetro, garantindo a segurané a no uso diário dos estudantes.

6 já As escolas não podem restringir a marca do produto ou a loja onde deve ser adquirido. A exce é o é para os artigos que não são vendidos no comércio comu, como apostilas pedagógicas e fardamento.

7 já Taxa é nica: muitas escolas cobram taxa é nica pelo material escolar. O serviço é permitido, mas deve ser opcional. Veja o valor, pesquise e decida se é melhor comprar o pacote ou adquirir os produtos por conta pré pria.