Sushi e dieta mediterré nea podem ser chave da longevidade

Pratos té picos japoneses, como o sushi e o sashimi, e da dieta mediterré nea, rica em cereais e azeite, são a chave para a longevidade, dizem estudos realizados recentemente no Japão e nos Estados Unidos.

Uma pesquisa feita pela universidade norte-americana de Harvard analisou os benefícios da dieta mediterré nea, bastante disseminada na Ité lia, rica em frutas, verduras, legumes, cereais integrais, peixe e azeite de oliva e que contem pouca carne vermelha ou processada, verificando seus efeitos positivos no corpo humano.

O estudo analisou cerca de 10 mil mulheres e concluiu que aquelas que seguiram a dieta apresentaram 40% mais chances de viver além dos 70 anos e menor possibilidade de desenvolver doené as cré nicas como diabetes ou cardiovasculares.

Já uma pesquisa realizada pelo Centro Nacional para Saé de Global e Medicina, sediado em Té quio, no Japão, aponta que a alimentação baseada nos costumes japoneses, ou seja, que equilibra o consumo de vegetais, peixe e até mesmo carne bovina, diminui os riscos de morte prematura, incluindo as provocadas por problemas cardiovasculares.

No estudo, realizado desde 2005, foram consultados mais de 36 mil homens e 42 mil mulheres com idades entre 45 e 75 anos sem histórico de cé ncer, doené as cardé acas ou hepé ticas. O é ndice de mortalidade entre aqueles que abraé aram estes tipos de comidas em sua rotina foi cerca de 15% menor que os que não assumiram os mesmos costumes.