Você viverá  (muito) mais. Como será  o seu futuro financeiro?

Você viverá (muito) mais. Como será o seu futuro financeiro?

imagem-ilustrativa-para-aposentadoria-velhice-1314968553440_956x500

A evolu o da Previdência Social do Brasil já ou já oficial como muitos preferem dizer já ganhou corpo em 1919 com a Lei de Acidentes Pessoais. Em 1923, a Lei Eloy Chavez introduziu as Caixas e é, por isso, considerada o marco da socialização da Previdência.

Em seguida surgiram as Caixas de Pecé lios e as Sociedades de Mé tuo Socorro e aé a Previdência Social abrangeu todas as categorias profissionais, ganhando o contorno que tem hoje.

é o Governo fazendo a parcela dele, assistindo as pessoas em caso de doené a, assim como as ajudando a contar com recursos financeiros quando se aposentarem já visando, portanto, a garantir os padrões mínimos de qualidade de vida. Bo, não?

Bo, mas pode melhorar já

Quando, poré, você pensa na manuten o do padrão de vida que deseja ter no futuro, certamente vai chegar é conclusão de que precisaré de mais dinheiro do que o que disporé pela Previdência Social. E se pensar mais profundamente, se daré conta que muito provavelmente você vai viver mais que as gerações que te antecederam.

Como sei disso? Basta ver as estimativas de expectativa de vida do País que, atualmente, é de 75 anos. Sé a té tulo de comparação: no Brasil de apenas algumas dé cadas atrês , assim como na Europa do sé culo 18, os mais ricos e longevos viviam somente até os 40.

A questão é :é não deixe para pensar nisso quando estiver para se aposentar.

Sinal amarelo!

Na medida em que a população brasileira vai envelhecendo, a Previdência Social passa a ter queda na arrecadação, já que a propor o de pessoas trabalhando (e, portanto, contribuindo) é menor que a de pessoas usufruindo os direitos de aposentadoria.

Segundo os estudiosos no tema, tal processo se acentuaré muito nos próximos 45 anos. Mas não precisamos ir tão longe. Acompanhe: em 2020, para cada aposentado, haveré sete pessoas trabalhando; em 2040, será o 3,8 e, é em 2060, apenas 2,3 ativos para cada aposentado.

Não é preciso ser matemé tico para concluir que a conta não vai fechar. Por isso que, vira e mexe, se fala em Fator Previdencié rio, em reformas paramé tricas, em idade mé nima, indexação dos benefícios já questões difáceis de explicar neste espaís o, mas que visam exatamente a encontrar uma solu o para a tal conta.

Faça a a sua parte: seja previdente!

Com esse cené rio que invariavelmente afetaré a vida de todos, cada um tem que fazer a sua parte. E já !

Como? Pesquise os diferentes meios de investimentos no longo prazo que estão disponé veis no mercado, leia a respeito, converse com o gerente do banco em que você tem conta, discuta nos almo os de domingo, mas aja já e faé a isso ré pido, pois, como você sabe, o tempo passa ré pido.

E se você já se movimenta neste sentido, utilizando uma ferramenta de acé mulo de recursos como um plano de previdência privada, por exemplo, parabé ns! Mas não se esque a de acompanhar os rendimentos com foco em peré odos maiores, de questioné -los e revisitar continuamente o valor das contribuições já porque, para realizar o projeto de vida, é preciso agir hoje, mas com os olhos no amanhé .